Clique e assine por apenas 5,90/mês

Os eleitos 2019: as picapes médias mais queridas pelos donos

Ford Ranger é a grande campeã da categoria

Por Leonardo Felix - Atualizado em 29 out 2019, 10h48 - Publicado em 11 out 2019, 07h00

 

Ford Ranger: 99,0

Caçamba tem as laterais mais altas: 54 cm
Ranger é lider entre picapes Christian Castanho/Quatro Rodas

A Ranger foi a exceção deste ano no ranking geral de Os Eleitos. Geralmente, o topo da classificação é disputado entre os sedãs, mas desta vez a picape média tratou de cravar seu lugar no topo, ficando em quarto lugar entre os 34 veículos listados.

Isso já dá uma ideia do nível de excelência que ela alcançou em 2019 – e ainda abriu 1,6 ponto em relação à vice, S10. A alegria dos donos está em quase tudo que é lugar: foi a melhor do grupo em 16 critérios dos 23 levantados.

Os elogios:

  • Caçamba
  • Acesso aos comandos
  • Design
  • Modernidade do projeto

As críticas:

  • Preço das peças

“É uma picape muito boa: tem o melhor custo/benefício da categoria e é a única com cinco anos de garantia.” Pedro Henrique Magalini Zago, Brasília (DF)

Chevrolet S10: 97,4

Líder da última edição no segmento, a S10 agora é a segunda colocada Acervo/Quatro Rodas

A S10 até que foi bem nesta edição da pesquisa: ficou na oitava posição entre 34 competidores. Ela só teve o azar de encontrar pela frente a Ranger.

Continua após a publicidade

Deixando de lado a comparação com a picape da Ford, a S10 só não ficou mais bem colocada porque foi duramente criticada em nível de ruído (87,4), acabamento interno (92,2), presença de itens de segurança (92,9) e consumo rodoviário (93).

O que salvou a lavoura foi principalmente a rapidez de arranque (102,2) e a boa visibilidade (101,7).

Pontuação no anterior: 97,2

Fiat Toro: 95,0

Fiat Toro perde alguns pontos e segue em último entre picapes Divulgação/Fiat

A Toro está nitidamente num patamar abaixo de Ranger e S10. Enquanto as outras duas estão entre os oito melhores carros da pesquisa, o modelo da Fiat só dá as caras na 26a colocação.

Culpa do excesso de reclamações, como em consumo urbano (83,4), durabilidade das peças (86,9), preço de compra (88,1) e confiabilidade do fabricante (89,1).

Também não quer dizer que foi tudo por água abaixo: ela foi muito bem em tamanho da caçamba (108,4) e design (104,2).

Pontuação no anterior: 96,2

Continua após a publicidade
Publicidade