Clique e assine por apenas 8,90/mês

VW Nivus terá pré-venda no fim do mês. O difícil será garantir um

SUV cupê do Polo terá campanha com oferta grátis de teto preto e rodas escurecidas já na próxima semana, porém limitada a 200 limitadas

Por Leonardo Felix e Waldez Amorim - Atualizado em 18 jun 2020, 11h59 - Publicado em 18 jun 2020, 11h44
VW Nivus: a imagem da abertura da reportagem crua Fernando Pires/Quatro Rodas

O Volkswagen Nivus só deve chegar efetivamente às concessionárias em julho, conforme antecipado por QUATRO RODAS.

No entanto, segundo o site Autoo, o SUV cupê derivado do Polo terá uma pré-venda limitada a 200 unidades a partir da próxima quinta-feira (25).

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Todos os exemplares disponíveis para compra antecipada serão da versão de topo, Highline, com cortesia de teto preto e rodas escurecidas (originalmente opcionais, de acordo com o que já apuramos).

Continua após a publicidade

Entramos em contato com sete concessionárias da marca em diferentes regiões do país e boa parte dos revendedores já confirma a pré-venda e o lote limitado a 200 unidades.

No entanto, nenhum dos contatados abriu informações sobre valor do sinal, preço fechado do veículo ou prazo de entrega.

Uma coisa é certa: o Nivus Highline, já testado por QUATRO RODAS, custará perto de R$ 100.000 e trará como principais itens de série:

Continua após a publicidade

Controle de estabilidade com assistente de rampa; faróis-full led; seis airbags; frenagem automática pós-colisão; quadro de instrumentos 100% digital; central multimídia VW Play com 10,1 polegadas, internet a bordo e central de apps; ar-condicionado digital; sensores de estacionamento dianteiros e traseiros; câmera de ré; sensores crepuscular e de chuva; indicador de pressão dos pneus.

O pacote de segurança semiautônoma com piloto automático adaptativo e frenagem automática anticolisão será opcional.

Todas as versões terão o mesmo motor 1.0 turbo flex com injeção direta de combustível de Polo, Virtus e T-Cross, que gera 128/116 cv e 20,4 kgfm. E todas virão com câmbio automático de seis marchas.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da nova edição de Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade

Publicidade