Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Toyota Hilux ‘monstro’ tem motor V12, mais de 540 cv e torque de caminhão

A picape foi especialmente modificada para competir na corrida dos sonhos de seu dono

Por João Vitor Ferreira 18 set 2021, 09h33
motor v12 hilux
Fat Boy Fab Works/Facebook

Alguns fazem de tudo para realizar os seus sonhos. O de Francois Fritz, da FatBoy Fab Works, por exemplo, era o de competir na Simola Hillclimb, uma corrida de escalada que aconteceu no início do mês na África do Sul.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Para isso, ele pegou sua Toyota Hilux 2012 e transformou ela em um monstro. Inspirado na história de uma minivan Toyota Hiace V12, ele decidiu fazer a mesma transformação mecânica em sua picape. Mas antes de substituir o motor original 3.0 turbodiesel, Fritz adicionou um par de turbos gêmeos ao conjunto. Com essa configuração, a picape passou a ter quase 288 cv e 69,2 kgfm.

Mesmo com tanta potência, ainda não era o suficiente. O próximo passo foi trocar o motor. O escolhido foi o V12 5.0 1GZ-FE doado por um Toyota Century (o carro mais luxuoso da fabricante japonesa), que também cedeu a transmissão automática de 4 velocidades.

Hilux V12
Francois Fritz transformou sua Hilux em um monstro para disputar a corrida dos seus sonhos Chris Wall Media/Reprodução

Para completar o conjunto, dois turbocompressores Garrett GT35, rodas de liga leve com pneus mais aderentes e um sistema de gerenciamento Spitronics foram instalados.

Continua após a publicidade

Hilux v12 monstra
Divulgação/Toyota

Para tudo ficar nos conformes, alguns ajustes precisaram ser feitos. A parte interna do motor foi reconstruída, enquanto o eixo traseiro foi substituído por um personalizado. O resultado final são 546 cv e quase 99 kgfm, torque digno de um caminhão de porte médio, para subir morro acima. 

Motor V12 instalado na Hilux
Fat Boy Fab Works/Facebook

Na hora de competir na Simola Hillclimb, houve algumas dificuldades. No primeiro dia, problemas eletrônicos e no câmbio não permitiram que a picape participasse do aquecimento. No dia seguinte, o regulador de tensão do alternador falhou. Mas a Hilux V12 recebeu uma bateria bem carregada só para subir a montanha. E conseguiu!

Hilux V12
Chris Wall Media/Reprodução

Não ficou entre os três melhores tempos, mas o projeto montado em duas semanas se garantiu e chegou ao fim do circuito sem tombar. Fritz diz que agora a picape só precisa de um upgrade no freio. Mas provavelmente, isso será tarefa para outro dono, já que a Hilux monstro foi colocada à venda. Esperamos que ela possa realizar outros sonhos.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

CAPA quatro rodas setembro edição 749
arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês