Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Toyota cria dispositivo com gás lacrimogêneo para evitar roubos de carros

Controlado pelo celular, equipamento também pode liberar perfume para agradar motorista e passageiros caso não haja um assalto

Por Gabriel Aguiar 20 mar 2019, 19h00
Divulgação/Toyota

A Toyota criou uma solução polêmica para evitar o roubo de carros: um sistema que libera gás lacrimogêneo na cabine – e que pode ser controlado pelos donos por smartphone.

Mas nem todas as funções são tão questionáveis. Quer um exemplo? Segundo o documento de registro nos Estados Unidos, o difusor também pode exalar fragrâncias agradáveis.

C4 VTR, modelo 2006 da Citroën, testado pela revista Quatro Rodas
O hatch da Citroën tinha dispositivo para perfumar a cabine Acervo/Quatro Rodas

No Brasil, o Citroën C4 (nas versões hatch e Pallas, sedã) também tinha um dispositivo para perfumar o interior do veículo. Porém, não havia controle por celular como no Toyota.

Vale lembrar que, apesar da patente, não há nenhum indício de que o fabricante ofereça esse recurso. Aliás, a prática de registrar recursos inutilizáveis é comum entre as empresas.

Toyota registra patente com dispositivo para evitar roubos USPTO/Internet
  • Já tivemos alguns registros inusitados no Brasil, como a cópia de Lamborghini feita sobre o Chevette – devidamente negada – e até mesmo a traseira do inédito BMW Série 3 perua.

    Continua após a publicidade
    Publicidade