Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Termina o Mundial de Cross

Na final, os campeões antecipados Caitoli e Roczen deram chances aos demais

Por Marcelo Brettas Atualizado em 9 nov 2016, 11h53 - Publicado em 12 set 2011, 17h16
Mundial de Cross

A mãe de Antonio Cairoli, da KTM, campeão por antecipação da MX1, faleceu na última sexta-feira e o piloto italiano optou por não participar da última etapa do mundial de motocross, no GP da Itália, disputado em Fermo.

Sem a participação do campeão mundial, o francês Gautier Paulin, da Yamaha, venceu a primeira corrida, enquanto o também francês Christopher Pourcel, da Kawasaki, a segunda. Como Paulin chegou em segundo na segunda prova, ele levou o título do GP da Itália. Já o título de vice-campeão mundial na categoria MX1 ficou com o francês Steven Fossard, da Yamaha, seguido em terceiro lugar pelo belga Clemente DeSalle, da Suzuki.

Na categoria MX2, para as motos de 250 cilindradas, o também campeão mundial por antecipação Ken Roczen, piloto alemão oficial da KTM, andou relaxado e com uma moto de 125 cilindradas e 2T. Ele chegou em quinto na primeira corrida e ficou fora na segunda volta da última corrida. A vitória na MX2 ficou com o holandês Jeffrey Herlings, outro piloto oficial da KTM, que também garantiu o vice-campenato no mundial, aos 16 anos, mesma idade do colega campeão Ken Roczen.

Continua após a publicidade

Publicidade