Clique e assine por apenas 6,90/mês

SUVs já representam 70% das vendas da Porsche

Macan é o Porsche mais vendido no mundo, seguido pelo Cayenne; esportivos 911, Boxster, Cayman e Panamera somados representam apenas 30%

Por Da Redação - Atualizado em 22 mar 2017, 16h59 - Publicado em 21 mar 2017, 12h09
O Macan é hoje o Porsche mais vendido no mundo
O Macan é hoje o Porsche mais vendido no mundo divulgação/Porsche

O relatório anual que a Porsche divulgou a respeito de 2016 mostra que os dois SUVs da marca – o Cayenne e o Macan – respondem por 70% de suas vendas mundiais. O dado é bem ilustrativo da segmentação de mercado cada vez mais focada nos utilitários esportivos – mesmo em uma marca com 100% de sua tradição baseada em esportivos.

Em 2016, a Porsche vendeu 237.778 automóveis no planeta – Macan e Cayenne somaram 166.509 unidades, enquanto todos os outros modelos (as linhas 911, Boxster, Cayman, Panamera e 918 Spyder) juntos reuniram 71.269 exemplares.

Na tabela abaixo, o destaque é o Macan: lançado em 2013, ele assumiu o posto de Porsche mais vendido em 2015, no lugar do Cayenne, que teve uma pequena queda no mesmo período. Essa redução, porém, plenamente compensada pelo sucesso do irmão menor.

divulgação/Porsche

Na metade de baixo do gráfico estão o supercarro 918 Spyder (feito em números bem reduzidos) e o sedã-cupê Panamera, que já sentia o passar dos anos – ele acaba de receber uma nova geração, com direito à tentadora versão Sport Turismo, que deve incrementar o interesse pelo modelo.

Continua após a publicidade

Vale lembrar que os dados são de vendas por unidades, não por faturamento. O faturamento dividido por modelo não foi divulgado pela Porsche, mas é possível imaginar um gráfico um pouco diferente, menos desequilibrado – um Cayenne ou Macan custa, em média, metade do valor de um 911.

Publicidade