SUV Mitsubishi Eclipse Cross tem pré-venda de duas configurações

Modelo será posicionado entre os atuais ASX e Outlander; apresentação ao público deverá ser no Salão do Automóvel em novembro

Linha de cintura ascendente: traços de dinamismo O inédito Eclipse Cross já está em pré-venda no Brasil

O inédito Eclipse Cross já está em pré-venda no Brasil (Divulgação/Mitsubishi)

O novo Mitsubishi Eclipse Cross já está em pré-venda no Brasil e, ao que tudo indica, terá duas configurações disponíveis: HPE-S e HPE-S-AWD (com tração integral).

O modelo ficará posicionado entre o novo ASX, que custa R$ 130.990 na opção topo de linha, e o Outlander, que parte de R$ 146.990 na configuração de entrada.

Versão tem tração 4x4 S-AWC e câmbio automático Por aqui, o modelo deverá ter opção de tração integral S-AWD

Por aqui, o modelo deverá ter opção de tração integral S-AWD (Divulgação/Quatro Rodas)

A apresentação está prevista para o dia 27 deste mês, mas a novidade só chegará às lojas em novembro – quando será realizado o Salão do Automóvel de São Paulo.

Vale lembrar que QUATRO RODAS já acelerou o Eclipse Cross em dezembro de 2017, quando o modelo passou a ser comercializado no mercado europeu.

Goste ou não do visual, é preciso reconhecer: haja personalidade! Na Europa, o modelo tem motor 1.5 turbo de 163 cv

Na Europa, o modelo tem motor 1.5 turbo de 163 cv (Divulgação/Mitsubishi)

A configuração escolhida durante a avaliação em Barcelona, na Espanha, tinha motor 1.5 turbo a gasolina com 163 cv de potência e 25,5 mkgf de torque.

Por lá, está disponível a tração integral S-AWD que pode ser reservada no Brasil e três tipos de câmbio: manual de seis marchas, CVT e automático de oito marchas.

Interior é discreto, mas muito mais atraente que o dos Mitsubishi atuais Na pré-venda, o SUV é oferecido apenas na configuração HPE-S

Na pré-venda, o SUV é oferecido apenas na configuração HPE-S (Divulgação/Quatro Rodas)

A altura em relação ao solo é menor que no ASX (18,3 cm, contra 19,5 cm), ainda que ambos os SUVs compartilhem a mesma plataforma com o Outlander.

Um dos destaques foi o sistema de bancos sobre trilhos na segunda fileira, que podem avançar até 20 cm para aumentar o porta-malas de apenas 341 litros.

Além de bipartido, o banco traseiro é móvel, permitindo uma melhor acomodação de pessoas na cabine ou de bagagem no porta-malas Além de bipartido, o banco traseiro é móvel, permitindo uma melhor acomodação de pessoas na cabine ou de bagagem no porta-malas

Além de bipartido, o banco traseiro é móvel, permitindo uma melhor acomodação de pessoas na cabine ou de bagagem no porta-malas (Divulgação/Quatro Rodas)

Quem tiver interesse pelo veículo já pode se cadastrar no site de pré-venda do modelo e preencher um formulário para receber mais informações do SUV.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s