Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Sou só o rosto das minhas empresas, diz dono da Tesla

Elon Musk disse à Forbes que "pessoas ótimas estavam dispostas a trabalhar" com ele

Por Luísa Melo, de Exame.com Atualizado em 9 nov 2016, 13h54 - Publicado em 28 jul 2014, 19h59
sustentabilidade

Com apenas 43 anos e uma fortuna estimada pela Forbes em 6,7 bilhões de dólares, Elon Musk é certamente um visionário.

Além da fabricante de carros elétricos Tesla, o empresário comanda outros negócios um tanto quanto “futuristas”, como a companhia de energia solar Solar City e a SpaceX, que desenvolve veículos espaciais renováveis.

Apesar de ser reconhecido como uma das cabeças mais inovadoras da atualidade, ele não se gaba de ser o responsável por tudo o que já conquistou. “Só aconteceu de eu ser o rosto das empresas”, disse em entrevista a Jim Clash, da Forbes.

Na conversa, Musk faz questão de enfatizar que só teve sucesso em seus projetos porque contou com a ajuda da equipe certa. “A única razão pela qual eu estive apto a realizar coisas é que ótimas pessoas estavam dispostas a trabalhar comigo”, disse.

“Uma empresa é um grupo organizado para criar produtos ou serviços e ela só é boa na medida em que as pessoas são boas e estão animadas a criar. Eu quero reconhecer uma grande quantidade de pessoas supertalentosas”, reforçou.

Musk falou ainda sobre seu papel nas organizações que comanda. Ele diz ser uma espécie de “vidente” não por escolha, mas por necessidade. “O que eu realmente me vejo fazendo, é engenharia. Empresas são um caminho para amplificar a engenharia por meio do trabalho de pessoas inteligentes”, comentou.

Continua após a publicidade

Publicidade