Clique e assine por apenas 8,90/mês

S10, Hilux, Ranger e mais: as diferenças de motor e dimensões das picapes

Confrontamos os atributos das seis principais picapes médias cabine dupla vendidas no Brasil; veja qual ganha em espaço, potência e capacidade de carga

Por Daniel Telles - 3 abr 2020, 07h00
Com quase 20 mil unidades vendidas, Toyota Hilux foi a líder do segmento em 2019 Christian Castanho/Quatro Rodas

As picapes médias vêm ganhando cada vez mais em potência e conforto, tornando-se carros convenientes tanto para o trabalho no campo quanto para o dia a dia na cidade.

Mas qual delas entrega mais? Para ajudar a responder essa pergunta, QUATRO RODAS destrinchou as medidas, motorizações e capacidades de carga das principais picapes médias cabine dupla vendidas do Brasil.

A Amarok V6 é dona da maior capacidade de carga do segmento Christian Castanho/Quatro Rodas

O título de mais potente da categoria ficou com a Toyota Hilux Gazoo Racing Sport e seu poderoso motor 4.0 V6 a gasolina de 234 cv.

O detalhe é que em breve este título passará para a VW Amarok. Isso porque o motor V6 turbodiesel da picape alemã passou por uma recalibração e saltou para 258 cv.

Continua após a publicidade

A produção da Amarok com o motor reprogramado inclusive já começou na fábrica da VW em Pacheco, Argentina. Seu lançamento, porém, deve ser atrasado por causa da pandemia do coronavírus.

Mesmo sem ela, o utilitário da Volkswagen ainda é o concorrente com mais torque no segmento: são 56,1 kgfm oferecidos pela configuração 3.0 V6 de 225 cv.

Toyota Hilux GR Sport é por enquanto a mais potente da categoria Divulgação/Toyota

Ainda sobre motores, vale destacar o sumiço das opções flex. Somente Chevrolet S10 e Toyota Hilux ainda oferecem versões com propulsores movidos a etanol e gasolina.

No quesito espaço para os ocupantes, vitória da Ford Ranger. A picape tem 3,22 m de entre-eixos, o maior do segmento, vencendo fácil os rivais Nissan Frontier (3,15 m) e VW Amarok (3,10 m).

Continua após a publicidade
Ford Ranger é dona do maior espaço entre-eixos Divulgação/Ford

Por fim, quando o assunto é capacidade de carga, o jogo se equilibra. Podendo carregar até 1.143 kg de carga útil, a Amarok vence o quesito, mas é seguida de perto por Ranger (1.123 kg) e S10 (1.122 kg).

Confira na tabela o comparativo completo entre Chevrolet S10, Ford Ranger, Mitsubishi L200 Triton, Nissan Frontier, Toyota Hilux e VW Amarok.

 

Modelo Motorização Câmbio Potência e Torque (etanol/gasolina) Dimensões (comprimento, largura e altura) Entre-eixos Capacidade de carga Tanque de gasolina
Chevrolet S10  2.5 flex e 2.8 diesel Manual ou automático de 6 marchas 2.5 flex: 206/197 cv e 26,3/27,3 mkgf

2.8 diesel: 200 cv e 44,9(MT)/51 (AT) mkgf

536,1 x 187,4 x 178,7 cm
309,6 cm 1.049 a 1.122 kg  76 l
Ford Ranger 2.2 diesel e 3.2 diesel Manual ou automático de 6 marchas 2.2 diesel: 160 cv e 39,3 mkgf

3.2 diesel: 200 cv e 47,9 mkgf

Continua após a publicidade

 

535,4 x 186,0 x 182,1 cm 322 cm 1.001 a 1.123 kg 80 l
Mitsubishi L200 Triton 2.4 diesel Manual de 6 marchas ou automático com modo manual de 5 marchas 190 cv e 43,8 mkgf 528,0 x 182,0 x 179,5 cm 300 cm 1.055 kg 75 l
Nissan Frontier 2.3 diesel Manual de 6 marchas e automático com modo manual de 7 marchas 160 cv e 41 mkgf (Frontier S)

190 cv e 45,9 mkgf (demais versões)

526,4 x 185 x 182,6 cm 315 cm 1.000 a 1.025 kg 80 l
Toyota Hilux 2.7 flex, 2.8 diesel e 4.0 V6 a gasolina Manual de 5 marchas ou automático de 6 marchas  

2.7 flex: 163 cv e 25 mkgf

2.8 diesel: 177 cv e 42,7(MT)/45,9(AT) mkgf

4.0 V6 a gas.: 234 cv e 38,3 mkgf

 

531,5 x 185,5 x 181,5 cm 308,5 cm 815 a 1.035 kg 80 l
VW Amarok 2.0 diesel e 3.0 diesel V6 Manual de 6 marchas ou automático com modo manual de 8 marchas 2.0 diesel: 180 cv e 40,8 (MT)/42,8 (AT) mkgf

3.0 diesel V6: 225 cv e 56,1 mkgf

525,4 x 195,4 x 183,4 cm 309,7 cm até 1.143 kg 80 l

 

Publicidade