Clique e assine por apenas 5,90/mês

Revelada, nova RAM 700 é mais bonita que a Strada e chegará a 14 países

Picape compacta será exportada como RAM para a grande maioria dos mercados da América do Sul e Central; vendas começam em novembro

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 10 out 2020, 16h47 - Publicado em 8 out 2020, 12h19
Picape será exportada com nova grade (bem bonita, por sinal) Divulgação/Ram

A FCA revelou, enfim, a nova geração da RAM 700. Nada mais é do que a nova geração da Fiat Strada brasileira com logotipos da RAM e nomes de versões que remetem às enormes RAM 1500 e RAM 2500.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 8.90

México, Chile e Colômbia serão os primeiros e principais destinos da picapinha, onde deverá estrear entre novembro.

Logotipos da traseira têm proporção muito maior na RAM 700 Divulgação/Ram

A picape compacta também será enviada para Bolívia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, Peru, República Dominicana e Caribe como RAM. Apenas Argentina, Paraguai e Uruguai deverão vendê-la como Fiat Strada. As Fiat Toro e Fiorino também são vendidas como RAM em alguns desses mercados, como RAM 1000 e Promaster Rapid, respectivamente. 

As mudanças não são grandes, mas mais marcantes do que na geração anterior. Muda a grade, exclusiva e fiel ao estilo das RAM maiores, há enormes logotipos na traseira e o carneiro, símbolo da marca, nas rodas e no meio do volante.

Continua após a publicidade
Divulgação/Ram

Até mesmo a gama de versões é equivalente a da Fiat Strada. A RAM 700 SLT é gêmea da Strada Endurance e será a única exportada tanto com cabine simples quanto com a cabine dupla, de quatro portas. O motor é sempre o 1.4 Fire EVO, que em sua versão a gasolina gera 85 cv e 12,3 kgfm.

Divulgação/Ram

Ela já tem preços no Chile. Custa 8.675.100 pesos (R$ 61.014) com cabine simples e 9.865.100 pesos (R$ 69.384) com cabine dupla. Ela mantém os para-choques sem pintura, controles de estabilidade e tração, rádio, volante multifuncional e ar-condicionado.

Divulgação/Ram

A versão Big Horn é equivalente a Freedom com cabine dupla, mas seu motor também é o 1.4. Soma para-choques pintados, rodas de liga leve aro 15, central multimídia Uconnect, vidros elétricos e ajuste de altura para o banco do motorista. Parte dos 10.698.100 pesos no Chile, ou R$ 75.243 na conversão direta.

Divulgação/Ram

Já a RAM 700 Laramie será a par da Strada Volcano. É a única equipada com o 1.3 Firefly (que fará sua estreia em alguns mercados com a picape) em sua versão a gasolina, com modestos 99 cv e 13 kgfm. Seu pacote inclui rodas aro 16 com pneus de uso misto, faróis full led, capota marítima, barras de proteção no teto e volante de couro. Custa 11.888.100 pesos, o equivalente a R$ 83.612.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade
Publicidade