Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Registro antecipa estreia do novo Mitsubishi Eclipse Cross no Brasil

Reestilização do SUV com jeito de cupê e nome de esportivo deixou o modelo com visual mais convencional

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 1 dez 2020, 12h48 - Publicado em 1 dez 2020, 12h34
Eclipse Cross 2022
Reprodução/Internet

Nacionalizado há exatamente um ano, o Mitsubishi Eclipse Cross teve sua reestilização de meia vida registrada no Brasil. O SUV com nome de esportivo teve sua primeira atualização visual apresentada em outubro, abrindo mão de muitos detalhes que tornavam ele um tanto controverso.

Por ser montado no Brasil com parte dos componentes importados, a estreia do novo visual no Brasil pode demorar pelo menos mais um ano.

Eclipse Cross 2022
Reprodução/Internet

A principal mudança no Eclipse Cross está no vidro traseiro, que antes era dividido por um aerofólio, e deu lugar a um vidro inteiriço. As lanternas passaram a avançar sobre a tampa do porta-malas por baixo dele.

Black Friday na Quatro Rodas! Clique aqui e assine por apenas R$ 7,90

eclipse
Reprodução/Internet

Na frente, as luzes diurnas de leds estão mais estreitas e inclinadas enquanto a metade inferior cresceu e ganhou novos elementos ópticos. A grade também está mais estreita.

Continua após a publicidade
  • eclipse
    Divulgação/Mitsubishi

    No Japão, uma nova central multimídia de oito polegadas e com comandos físicos substitui uma de sete que era comandada por um touchpad.

    eclipse
    Divulgação/Mitsubishi

    Quanto ao motor 1.5 turbo a gasolina e ao câmbio CVT, nada mudou. A novidade mesmo foi a estreia de uma versão híbrida com motor 2.4 a gasolina, dois motores elétricos (um por eixo), bateria de 20 kWh e autonomia elétrica de 70 km.

    eclipse
    Divulgação/Mitsubishi

    Com 2.033 unidades, o Mitsubishi Eclipse Cross é o segundo carro da marca mais vendido em 2020, ficando atrás apenas da picape média L200.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Capa 739

    Continua após a publicidade
    Publicidade