Clique e assine por apenas 8,90/mês

Porsche Panamera Sport Turismo híbrido tem 680 cv e chega em 2018

Perua combina motor V8 4.0 biturbo de 550 cv com propulsor elétrico de 136 cv

Por Vitor Matsubara - 29 set 2017, 17h24
Perua é mais rápida do que o 911 GTS na prova de 0 a 100 km/h Porsche/Divulgação

Parece impossível uma perua híbrida ser mais rápida do que um superesportivo. Mas é exatamente o caso da Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo – a versão híbrida da Panamera Sport Turismo.

Por trás do nome extremamente longo se esconde um veículo familiar de alta performance, graças à combinação do motor V8 4.0 biturbo movido a gasolina (550 cv) com um motor elétrico que entrega 136 cv.

A potência combinada é de 680 cv, com impressionantes 86,7 mkgf de torque máximo.

Design segue as linhas do novo Panamera sedã Porsche/Divulgação

Informações divulgadas pela Porsche indicam aceleração de 0 a 100 km/h em 3,4 s. Da inércia aos 200 km/h, passam-se apenas 8,5 segundos. A velocidade máxima é de 310 km/h, sendo que o veículo pode chegar aos 140 km/h se movido apenas a eletricidade.

Continua após a publicidade

Para ter uma ideia do potencial desta perua, a Panamera Sport Turismo híbrida precisa de 0,7 sa menos que um 911 GTS para ir de 0 a 100 km/h. A velocidade máxima é praticamente a mesma: 312 km/h do GTS contra 310 km/h.

Perua combina motor 4.0 V8 biturbo de 550 cv com propulsor elétrico de 136 cv Porsche/Divulgação

Surpreendentemente, a perua não fica tão longe assim do hiperesportivo 918 Spyder, que precisa de 2,5 segundos para atingir os 100 km/h e vai até os 345 km/h.

Um elemento curioso presente no modelo é o defletor instalado no teto para auxiliar na condução. A peça tem três níveis de inclinação e pode gerar uma carga aerodinâmica de até 50 quilos sobre o eixo traseiro.

O defletor permanece recolhido a até 170 km/h e é praticamente imperceptível por acompanhar o desenho do teto. Acima desta velocidade, a asa se ergue para aumentar a pressão aerodinâmica e melhorar a estabilidade.

Continua após a publicidade

Se os modos Sport e Sport Plus forem selecionados, o mesmo acontece acima dos 90 km/h.

Defletor instalado no teto se ergue acima de 90 km/h nos modos Sport e Sport Plus Porsche

Apesar do desempenho espetacular, a perua é bastante econômica, registrando um consumo médio de 33,3 km/l e autonomia de até 49 quilômetros rodando puramente com eletricidade.

A Porsche informa que as baterias levam de 2,4 a 6 horas para serem totalmente carregadas, dependendo do ponto de recarga utilizado.

Painel é idêntico ao do Panamera Turbo S E-Hybrid sedã Porsche/Divulgação

O banco traseiro traz uma inusitada configuração 2+1, ou seja, dois bancos individuais do tipo concha nas extremidades mais um pequeno assento no centro. O porta-malas tem capacidade volumétrica de 425 litros, podendo ser ampliado para até 1.295 l se todos os bancos forem rebatidos.

Continua após a publicidade

A generosa lista de equipamentos de série inclui controle de rolagem da carroceria, discos de freio em cerâmica, rodas de liga leve de 21 polegadas e suspensão adaptativa pneumática com gerenciamento ativo, entre outros itens.

Tela de 12,3 polegadas da central multimídia domina o console central da perua Porsche/Divulgação
Lançamento da perua no Brasil acontecerá no primeiro semestre de 2018 Porsche/Divulgação

A Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo já está à venda na Alemanha a partir de 188.592 euros. Sua chegada ao mercado brasileiro está confirmada para o primeiro semestre de 2018, mas preços e configurações ainda serão definidas.

Publicidade