Porsche Macan: mais tecnológico e com lanternas de 911

Com poucas mudanças na carroceria, o SUV se aproxima dos lançamentos mais recentes da marca e ganha central multimídia com tela maior

Mudança deixou a dianteira visualmente mais robusta

Mudança deixou a dianteira visualmente mais robusta (Divulgação/Porsche)

O mercado chinês é cada vez mais importante para o Porsche Macan, o que justifica a escolha do país asiático como palco para revelar as mudanças do SUV.

Desde o lançamento em 2014, o fabricante comercializou aproximadamente 350.000 unidades do modelo – e quase 1/3 delas foram enviadas à China.

Novos faróis têm iluminação por leds de série

Novos faróis têm iluminação por leds de série (Divulgação/Porsche)

Ainda não é uma mudança de geração, mas o utilitário mais barato da marca melhorou em aspectos já conhecidos, tanto na forma como no conteúdo.

As novidades na carroceria são sutis e as lanternas atravessando a tampa traseira, como nos lançamentos mais recentes da Porsche – e como no novo 911, que será lançado em breve –, é a mais evidente delas.

Não há mudanças profundas na lateral do Macan

Não há mudanças profundas na lateral do Macan (Divulgação/Porsche)

Para reforçar o caráter esportivo do Macan, a dianteira agora parece mais larga, com destaque para os novos faróis com iluminação por leds de série.

Na cabine, a ligação ao icônico 911 é reforçada com o volante GT – e o botão Sport Response integrado –, como parte do pacote opcional Sports Chrono.

Lanternas são integradas como no Cayenne

Lanternas são integradas como no Cayenne (Divulgação/Porsche)

A central multimídia tem layout semelhante a Panamera e Cayenne, além da tela sensível ao toque ter ficado maior:  das sete polegadas, passou para 11.

Em relação à tecnologia o Macan ganhou a função Here Cloud, que informa o trafego em tempo real e também há controle de velocidade adaptativo.

Traseira está alinhada com os lançamentos mais recentes da Porsche

Traseira está alinhada com os lançamentos mais recentes da Porsche (Divulgação/Porsche)

Isso permite que o modelo acelere e freie sozinho a velocidades de até 60 km/h, além de poder dar assistência ao motorista na movimentação do volante.

O chassi foi levemente refinado para aumentar estabilidade e conforto, enquanto o Offroad Precision permite gravar experiências de condução fora de estrada.

Central multimídia recebeu tela de 11 polegadas

Central multimídia recebeu tela de 11 polegadas (Divulgação/Porsche)

A Porsche lança as versões mais potentes primeiro, mas essa é uma mera reestilização e todas as motorizações estarão disponíveis na Europa ainda em 2018.

Haverá cinco opções: 2.0 turbo de 252 cv (Macan), 3.0 V6 de 340 cv (Macan S) e 360 cv (Macan GTS), 3.6 V6 de 400 cv (Turbo) e 440 cv (Turbo Performance).

 

Entretanto, o modelo continuará sem opções híbridas, que só devem chegar com um modelo inteiramente novo e com plataforma preparada para eletrificação.

O chassi foi refinado para aumentar estabilidade e conforto

O chassi foi refinado para aumentar estabilidade e conforto (Divulgação/Porsche)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s