Porsche 911 Cabriolet supera os 300 km/h, mas chega dois meses atrasado

Oferecido sempre com motor de seis cilindros 3.0, o esportivo chega aos 100 km/h em 3,6 segundos e tem máxima de 306 km/h

Nova geração do 911 conversível foi revelada oficialmente

Nova geração do 911 conversível foi revelada oficialmente (Divulgação/Porsche)

O novo Porsche 911 foi apresentado no Salão de Los Angeles, nos EUA, em novembro de 2018. Mas apenas agora – quase dois meses depois – o conversível Cabriolet foi revelado.

Um dos principais destaques, claro, é a capota de tecido: com sistema hidráulico e estrutura de magnésio, o acionamento leva apenas 12 segundos e pode ser feito a até 50 km/h.

Inicialmente, serão oferecidas apenas as versões Carrera S e 4S

Inicialmente, serão oferecidas apenas as versões Carrera S e 4S (Divulgação/Porsche)

Inicialmente, a novidade só será oferecida em duas versões, ambas com motor de seis cilindros opostos 3.0 de 450 cv de potência (são 30 cv mais que antes) e 54 mkgf de torque.

Acionamento da capota leva apenas 12 segundos

Acionamento da capota leva apenas 12 segundos (Divulgação/Porsche)

As opções Carrera S e Carrera 4S se diferenciam pela tração – traseira na primeira e integral na segunda. O câmbio é sempre automatizado com dupla embreagem e oito marchas.

Visual segue alinhado com o modelo cupê mostrado em Los Angeles

Visual segue alinhado com o modelo cupê mostrado em Los Angeles (Divulgação/Porsche)

A Porsche garante que são necessários só 3,7 segundos para chegar aos 100 km/h na Carrera S, que tem velocidade máxima de 306 km/h (3,6 s e 304 km/h, respectivamente, no 4S).

Velocidade máxima é de até 306 km/h no Carrera S

Velocidade máxima é de até 306 km/h no Carrera S (Divulgação/Porsche)

Além de mais rápido, essa é a primeira vez que o 911 Cabriolet terá opção de suspensão ativa, com novas barras estabilizadoras mais rígidas e carroceria 1 cm mais próxima do solo.

Interior praticamente não tem mudanças em relação à versão fechada

Interior praticamente não tem mudanças em relação à versão fechada (Divulgação/Porsche)

Como na carroceria, na cabine há poucas diferenças em relação ao cupê – além do teto, obviamente. Para reconhecer o conversível, basta ver o botão de acionamento da capota.

O esportivo já pode ser encomendado por clientes dos Estados Unidos, onde os preços partem de US$ 126.100 (R$ 465.624) no Carrera S e US$ 133.400 (R$ 492.579) pelo Carrera 4S.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s