Para 2018, o Volvo XC90 fica mais luxuoso e ainda mais seguro

A versão híbrida T8 passa a ser oferecida agora com sete lugares

Novo Volvo XC90 fica ainda mais seguro na linha 2018

Novo Volvo XC90 fica ainda mais seguro na linha 2018 (Divulgação/Volvo)

Faltando alguns dias para a virada do ano, a Volvo estreou a linha do maior SUV da gama, o XC90. Para a linha 2018, o modelo ganhou novos itens de segurança e a versão T8 híbrida agora oferece sete lugares, como o restante da linha.

Tradição em veículos da marca sueca, o XC90 ficou ainda mais seguro com dois novos recursos de série em todas as versões. O primeiro, chamado BLIS, é um sistema de alerta de ponto cego  com assistente de direção e alerta de colisão traseira.

O BLIS avisa o motorista sobre a presença de veículos no ponto cego. Assim, se o condutor não tiver nenhuma ação e começar a jogar o carro para cima do veículo, o sistema esterça o volante suavemente de volta para a própria faixa.

O Oncoming Lane Mitigation é o segundo novo recurso para o modelo. Ele tem a função de ajudar o motorista a evitar colisões com veículos que se aproximem em direção oposta através de sinais sonoros.

Os dois sistemas atuam entre velocidades de 60 km/h e 140 km/h.

Dois novos itens de segurança no novo XC90

Dois novos itens de segurança no novo XC90 (Divulgação/Volvo)

XC90 T8 com 7 lugares

Disponível apenas com cinco lugares desde o lançamento no Brasil, o XC90 T8 híbrido ganhou mais uma fileira de assentos e poderá levar até sete ocupantes, como todo o restante da família.

Versão híbrida ganhou opção de 7 lugares para 2018

Versão híbrida ganhou opção de 7 lugares para 2018 (Divulgação/Volvo)

A ausência da opção maior era causado porque a lei brasileira não dava a redução de imposto a híbridos que levam mais de cinco passageiros.

A tela central de 9 polegadas ganhou um novo layout e as versões Momentum e Inscription ganharam um novo revestimento de couro marrom e três opções de cores: Maple Brown (marrom), Denin Blue (azul) e Pine Grey (cinza).

No Brasil, o modelo é vendido com três opções de motorizações e versões. A primeira é o D5, a diesel, que gera 235 cv e 48,9 mkgf e está disponível para as versões Momentum e Inscription. 

Em seguida, o T6, movido a gasolina e com 320 cv de potência e 40,8 mkgf de torque. Esta opção de motor é oferecida nas mesmas versões do D5.

A topo de linha T8, é movida pelo mesmo 2.0 a gasolina de 340 cv e um motor elétrico de 87 cv – somando 407 cv. A opção híbrida do utilitário sueco é oferecida nas versões Inscription e a exclusiva Excellence. 

Amigo da natureza: o XC90 T8 pode rodar até 35 km só com eletricidade

Amigo da natureza: o XC90 T8 pode rodar até 35 km só com eletricidade (Divulgação/Volvo)

O XC90 emplacou 461 unidades no acumulado de janeiro a outubro. Lançada em março, a versão T8, topo de linha do utilitário, teve 110 unidades vendidas neste período. 

Tabela de preços da linha XC90 2018:

Versão Valor
XC 90 T6 Momentum R$ 366.950
XC 90 T6 Inscription R$ 426.950
XC 90 D5 Momentum R$ 419.950
XC 90 D5 Inscription R$ 479.950
XC 90 T8 Inscription R$ 479.950
XC 90 T8 Excellence R$ 537.950

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Diego Ferreira De Souza

    A autonomia com eletricidade ainda é muito pouca. Os Tesla já rodam bastante. Se bem que eles são 100% elétricos mas é prova que já dá pra fazer uma autonomia maior.