Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Os dez carros mais baratos do Brasil

Também dá para chamar de "menos caros". Mas há uma boa notícia: nem todos são iguais ao velho e insípido 1.0 peladão

Por Henrique Rodriguez Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 3 ago 2018, 21h29 - Publicado em 25 Maio 2018, 16h33
(Arte/Quatro Rodas)

Comprar um carro zero km com menos de R$ 45 mil é um desafio, mas ainda é possível. Reunimos aqui as versões de entrada dos dez carros mais baratos do Brasil.

Vale um spoiler: nem todos são carros 1.0 peladões.

1° – Chery QQ Smile: R$ 27.490

Chery QQ Smile é o carro mais barato do Brasil (Divulgação/Chery)

Apesar de aumento recente, a versão de entrada do Chery QQ ainda detém o posto de carro mais barato do Brasil.

Para isso, tem apenas o trivial: há vidros elétricos dianteiros, Isofix, calotas, rádio com USB e dois alto-falantes.

Isso, além de airbags, freios ABS, cintos de três pontos e apoios de cabeça, obrigatórios para homologar um carro. 

Fabricado em Jacareí (SP), tem motor o 1.0 três-cilindros de 75 cavalos e 10,1 mkgf a 4.500 rpm, quando abastecido com álcool, e 74 cv e 9,7 mkgf com gasolina.

Continua após a publicidade

2° – Renault Kwid Life: R$ 32.490

Renault Kwid Life, que custa a partir de R$ 32.490 (Divulgação/Renault)

Versão de entrada do Kwid já acumula R$ 2.500 de aumento: foi lançada há quase um ano por R$ 29.990.

De série, tem airbags frontais e laterais (quatro no total), Isofix, preparação para rádio, desembaçador do vidro traseiro, ajuste interno dos retrovisores, abertura interna do porta-malas, cintos dianteiros com ajuste de altura e encostos de cabeça laterais traseiros.

O motor é o 1.0 SCe de três cilindros (70 cv com etanol, 66 cv com gasolina) e torque de 9,8 kgfm/9,4 kgfm, na mesma ordem, a 4.250 rpm.

3° – Fiat Mobi Easy: R$ 32.590

Fiat Mobi Easy
No Mobi Easy, até ar quente na ventilação é opcional (Divulgação/Fiat)

O Mobi básico mantém o motor 1.0 Fire, de quatro cilindros, com 75/73 cv, com etanol e gasolina.

O torque é de 9,9/9,5 mkgf a 3.850 giros.

Continua após a publicidade

Tem pouco além dos assentos, rodas, motor e câmbio. Tem rodas de aço aro 13″, brake light, banco traseiro bipartido, espelho no para-sol lados motorista e passageiro, e para-choques pintados.

E só há dois opcionais: desembaçador com ar quente, por R$ 565, e o kit Functional (travas e vidros elétricos, limpador e lavador do vidro traseiro e fiação para rádio) por R$ 2.050.

4° – Fiat Uno Attractive 1.0: R$ 42.990

Fiat Uno 2019
O visual do Uno 2019 não foi alterado (Divulgação/Fiat)

O Fiat Uno Attractive ressuscitou junto com o motor 1.0 8V Fire de 75 cv. O pacote de equipamentos é mais enxuto que o da versão Drive, de R$ 44.820 – e que tem motor 1.0 três cilindros Firefly de 77 cv. 

Há apenas ar-condicionado, direção hidráulica e vidros dianteiros elétricos. Opcionais, o kit Visibilidade (R$ 499) tem lavador, limpador e desembaçador do vidro traseiro. Já o kit Connect (R$ 1.890) soma todos os itens do kit visibilidade mais pré-disposição de som e rádio com bluetooth.

5° – Chevrolet Onix Joy 1.0: R$ 43.290

Onix Joy mantém visual antigo: apenas as rodas (opcionais) são novas (Chevrolet/Divulgação)

O Onix Joy mantém vivo o antigo design do modelo. Perdeu o acabamento cromado nas maçanetas e em volta dos comandos de climatização, mas recebeu a suspensão recalibrada das versões mais caras.

Continua após a publicidade

O motor é o mesmo 1.0 de 80 cv e 9,8 mkgf da versão LT. 

De série, tem ar-condicionado, direção elétrica, vidros dianteiros elétricos, alerta de mudança de marcha, limpador e desembaçador traseiro, Isofix e sistema OnStar.

6° – Citroën C3 Start 1.2: R$ 43.990

C3 Start é equipadinho, tem motor mais forte e não é dos mais caros da lista (Divulgação/Citroën)

O C3 Start é o único do ranking que não tem motor 1.0. Usa um 1.2 três-cilindros de 90/84 cv e 15,2/12,2 mkgf a 2.750 rpm.

Porém, também é o único vendido apenas na internet: nas lojas só se encontra a versão Attraction, de R$ 49.990. 

De série, tem ar-condicionado, refrigeração, vidro traseiro com desembaçador temporizado, lanterna de neblina, travas das portas e porta-malas com comando à distância na chave, rádio com Bluetooth e volante com regulagem de altura e profundidade. 

Continua após a publicidade

Ainda entram na conta direção elétrica, vidros dianteiros com acionamento elétrico, retrovisores externos com ajustes elétricos, computador de bordo e rodas de aço aro 15 polegadas e pneus 195/60 R15.

7° – Hyundai HB20 Unique 1.0: R$ 43.990

Hyundai HB20 Unique (Divulgação/Hyundai)

A nova versão de entrada do HB20 nada mais é do que a antiga versão Comfort com outro nome.

A diferença fica por conta da grade frontal Mesh Type com contorno cromado.

A lista de equipamentos de série inclui ar-condicionado, direção hidráulica, banco do motorista com ajuste de inclinação, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, computador de bordo, rádio com Bluetooth e Isofix.

8° – Renault Sandero Authentique 1.0: R$ 44.050

Renault Sandero Authentique
Apenas o Sandero Authentique tem retrovisores e maçanetas sem pintura (Divulgação/Renault)

O Sandero básico tem, ao menos, o trivial na lista de equipamentos.

Continua após a publicidade

Ar-condicionado, direção eletro-hidráulica, rodas de aço aro 15″, desembaçador do vidro traseiro, indicador de trocas de marcha, Isofix, vidros dianteiros elétricos e travas elétricas.

Seu motor 1.0 SCe é mais potente que o usado no Kwid. Tem 82/79 cv e 10,5/10,2 mkgf de torque a 3.500 rpm.

9 – Volkswagen Gol 1.0: R$ 44.990

Volkswagen Gol 2019 Dianteira Estática
O Gol perdeu as versões mais caras e ganhou a mesma frente da Saveiro (Divulgação/Volkswagen)

Após a Volkswagen tirar de linha o Take Up!, o Gol 1.0 se tornou o carro mais barato. O motor é o mesmo 1.0 três-cilindros MPI (aspirado) de 84 cv e 10,4 mkgf.

Não há luxo: tem de série rodas de aço aro 14″, ar-condicionado, direção hidráulica, ajuste de altura para o banco do motorista, suporte de celular, banco traseiro rebatível, desembaçador traseiro, travas elétricas e vidros dianteiros elétricos.

10° – Ford Ka S 1.0: R$ 45.490

Ford Ka S 2019 (Divulgação/Ford)

O Ford Ka S ocupar o posto de versão de entrada do modelo.

De fábrica, tem Isofix, ar-condicionado, direção elétrica, travas elétricas, vidros dianteiros elétricos, banco do motorista com ajuste de altura, banco traseiro bipartido, computador de bordo, rodas de aço com calota.

Rádio e vidros elétricos nas portas dianteiras não figuram nem na lista de opcionais.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.