Retrocesso: Fiat Uno 2019 deve perder equipamentos e voltar ao motor Fire

Segundo site Autos Segredos, novo propulsor Firefly deixará de ser usado na próxima atualização do hatch

Motores modernos e versões mais caras, como a Sporting, darão adeus na linha 2019 do Uno

Motores modernos e versões mais caras, como a Sporting, darão adeus na linha 2019 do Uno (Divulgação/Fiat)

A próxima geração do Uno terá avanços significativos, como o retorno da mítica versão turbo.

Mas antes das melhorias, o hatch mineiro enfrentará alguns retrocessos.

De acordo com o jornalista Marlos Ney Vidal, do site Autos Segredos, o novo Uno 2019 será simplificado em equipamentos e motorizações para ficar mais barato.

A família Firefly usada até então no Uno é uma das mais modernas da categoria no Brasil

A família Firefly usada até então no Uno é uma das mais modernas da categoria no Brasil (Divulgação/Fiat)

A mudança mais notória é a saída dos modernos motores Firefly de três e quatro cilindros (os mesmos que hoje equipam Mobi e Argo).

Essa linha de motores, que dará origem às futuras versões turbo de Uno, Argo e Cronos, será substituída pelo antigo Fire.

Veja também

Esse 1-litro veterano estreou no Brasil em 2000 e havia saído de linha do catálogo na última reestilização do Uno, em 2016.

Em relação ao 1.0 Firefly atual, o Fire tem menos potência (com etanol), torque e gasta mais combustível. Veja as diferenças abaixo:

Motor Potência (cv) Torque (mkgf) Consumo Urbano (km/l)* Consumo Estrada (km/)*
1.0 Fire 8V 73/75 (G/E) 9,5/9,9 (G/E) 11,5/8 13/9,1
1.0 Firefly 6V 72/77 (G/E) 10,4/10,9 (G/E) 13,1/9,2 15,1/10,4

*fonte: Programa Brasileiro de Etiquetagem

Versão única da linha 2019 será simplificada e terá apenas itens básicos

Versão única da linha 2019 será simplificada e terá apenas itens básicos (Divulgação/Fiat)

A mudança vai além da troca de motores e incluirá o retorno da direção hidráulica, menos eficiente que o sistema eletroassistido usado atualmente.

É possível também que Start-Stop, ESP e sistema de monitoramento de pressão dos pneus não estejam mais disponíveis.

O Uno também deve passar por uma pequena mudança visual.

Fiat Uno Mille Fire As mudanças são similares à que a Fiat fez com o antigo Mille Fire, que foi simplificado para ser mais barato

As mudanças são similares à que a Fiat fez com o antigo Mille Fire, que foi simplificado para ser mais barato (Divulgação/Fiat)

A lista de equipamentos disponíveis será reduzida, bem como a oferta de itens de série – como direção assistida e ar-condicionado.

Esses dois passarão a ser opcionais.

As versões Way, Drive e Sporting sairão de linha e darão lugar a um pacote único, como o que foi feito com o novo Gol.

Atualmente Mobi e Grand Siena são os únicos carros da Fiat a ainda oferecerem o 1.0 Fire.

Com as mudanças, a expectativa é posicionar o novo Uno 2019 abaixo dos R$ 40 mil.

É uma transformação curiosa, pois o Mobi deveria ser o carro de entrada da marca. A partir do ano que vem, o Uno deve retomar sua tradicional posição.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Vlademir Baltazar

    Não sei nem por onde começo a comentar essa façanha da Fiat…..

  2. Lucas Vinícius

    BOA NOITE, VENHO AKI PRA ESCLARECER, EU TRABALHO NA FIAT HÁ 7 ANOS, DO LADO DA LINHA 1, Q FAZ UNO, FIORINO E GRANSIENE, O UNO 2019 N VOLTARÁ AO MOTOR FIRE, ISSO É MENTIRA, POSSO AFIRMAR PQ JA VI O MODELO 2019, É O DRIVE Q CONHECEMOS, SO VAI PERDER PREDISPOSIÇÃO PRA RÁDIO, MAS CONTINUA MOTOR FIRE FIREFLY, TERÁ APENAS VERSÃO DRIVE, SERÁ NA FAIXA DE 41 MIL, PODENDO CHEGAR A 39 COM PROMOÇÕES! OBRIGADO

  3. Marcelo Henrique

    Zero de chance de fazer o velho Mille, né? Ou ainda podemos ter um com essas viagens no tempo?

  4. Pablo Sanchez

    Se isso for verdade, as próximas atrações da Fiat devem ser: Marea 2019 com freios a discos na dianteira, e o relançamento do Fiat 147 com motor de 55 Cv…

  5. Nicelio Melo do Nascimento

    Não, não, não: Isto é a decadência em gênero, numero e grau; primeiro este ARGO sem vender bem depois o MOBI sem porta – malas e agora o UNO Fire……

  6. Fica rumo ao buraco, o Macarroni já ofereceu aos chineses e para Volks, mas ninguém quer.