Clique e assine por apenas 8,90/mês

Novo Jetta ganha nota máxima em crash-test

Sedã reestilizado recebeu reforços estruturais

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 9 nov 2016, 14h02 - Publicado em 19 set 2014, 20h35
seguranca

O novo Jetta, recém-lançado nos Estados Unidos e com chegada ao Brasil prevista para 2015, obteve a nota máxima nos testes de impacto realizados pelo IIHS.

Embora não seja uma nova geração, o carro recebeu reforços estruturais nas colunas “A” e nas soleiras das portas. Estas melhorias fizeram o sedã da Volkswagen obter a nota “Bom”, ante os resultados medianos obtidos anteriormente.

O Jetta foi submetido ao teste de impacto diagonal, que atinge apenas 25% da área frontal. O teste simula uma batida em uma árvore ou em um pequeno obstáculo, atingindo mais o lado esquerdo do veículo em vez de toda a parte frontal. As bolsas laterais, em contrapartida, atuaram de forma eficiente, impedindo que as cabeças dos ocupantes se chocassem com os lados da carroceria.

De acordo com o IIHS, o modelo reduziu significativamente o risco de lesões graves, embora a cabeça do boneco de testes tenha deslizado para fora do airbag do motorista e o cinto de segurança tenha permitido que o tronco se deslocasse demasiadamente para frente. Segundo as regras do teste, todo veículo classificado com a nota máxima geral precisa contar com um sistema de aviso de colisão frontal, oferecido no Jetta como opcional. Sendo assim, a classificação máxima só é válida quando o veículo está equipado com este item.

Continua após a publicidade

Veja abaixo o vídeo do crash-test do VW Jetta 2015:

Publicidade