Clique e assine por apenas 8,90/mês

Novo Honda Civic reestilizado é revelado em registro de patente

Sedã poderia seguir o modelo norte-americano; versão híbrida pode vir ao Brasil

Por Rodrigo Ribeiro - Atualizado em 28 mar 2019, 14h01 - Publicado em 27 mar 2019, 16h44
Principal novidade do modelo está no para-choque dianteiro redesenhado e nas novas rodas Honda/Divulgação

Enquanto o novo Civic 2019 chegou aos Estados Unidos com mudanças (ainda que discretas) no visual e na lista de equipamentos, o modelo nacional teve como novidade apenas uma nova cor.

No entanto, se depender dos registros revelados pelo INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), a versão reestilizada do sedã deve estrear no Brasil em breve.

Para-choque reestilizado foi uma das poucas peças divulgadas pelo INPI INPI

Isso porque, apesar das peças do modelo terem entrado no sistema no início do ano passado, o fim do período de sigilo (que é pago à parte pelo autor do registro) normalmente indica a proximidade de lançamento de um modelo — exceto, claro, quando o carro vaza inadvertidamente antes da hora.

Na traseira o para-choque foi modificado para receber o escapamento central igual ao usado pelo Si Divulgação/Honda

Não que a Honda precisasse fazer mistério sobre o novo Civic. As mudanças, concentradas na dianteira, são discretíssimas e se resumem a um novo desenho na metade inferior dos para-choques, com destaque para o novo escapamento central herdado do Si.

Continua após a publicidade
Levando em contas as imagens de patente, a grade do radiador deverá manter o mesmo visual INPI/Divulgação

A Honda norte-americana promoveu uma mudança interessante no Civic 2019 local: a partir deste ano-modelo a frenagem autônoma de emergência passa a ser de série em todas as versões do sedã.

Por aqui, porém, são remotas as possibilidades da Honda do Brasil seguir pelo mesmo caminho, já que nem as versões topo de linha Touring e Si (esta última importada) contam com o equipamento de segurança.

A principal diferença no para-choque do novo Civic (acima) está na entrada de ar inferior Montagem/Divulgação/Honda

A mecânica manterá as opções 2.0 flex aspirada e 1.5 turbo a gasolina, com opção de câmbio manual de seis marchas para o motor atmosférico e CVT nas demais.

Flex e híbrido

Honda Insight Prototype
O Insight tem visual exclusivo, mas mantém as linhas gerais do Civic Divulgação/Honda

As próximas mudanças previstas para o Civic é a preparação do 1.5 turbo para o uso do etanol. O propulsor, no entanto, ainda está sendo homologado e, de acordo com o site Autos Segredos, também irá atrasar para o HR-V Touring, que será lançado apenas com motor a gasolina.

Continua após a publicidade

A próxima novidade do modelo é a estreia da versão híbrida, já oferecida em outros mercados. Fora do País o Civic Híbrido é chamado de Insight e possui um visual próprio, mas é possível que a marca mantenha o nome mais tradicional por aqui.

A chegada dele ao Brasil vai ao encontro da confirmação de que a Honda trará três modelos híbridos ao País até 2023. Os outros dois poderão ser o CR-V Hybrid (que já foi mostrado no último Salão do Automóvel) e o HR-V.

Outro lado

Questionada, a Honda do Brasil afirmou que “o registro no INPI é um processo padrão realizado pela matriz para proteção de propriedade intelectual da Honda. Trata-se de uma ação regular e praticada em todo mundo. Esse registro não indica intenção de produção, ou comercialização local do produto em questão”.

Publicidade