Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Novo Classe S terá airbags frontais até para passageiros do banco de trás

Prestes a ser lançado, sedã de luxo da Mercedes será o primeiro carro do mundo a oferecer este tipo de proteção passiva

Por Daniel Telles Atualizado em 28 jul 2020, 15h59 - Publicado em 28 jul 2020, 15h07
Sistema de proteção para os passageiros dos bancos traseiros é inédito Divulgação/Mercedes-Benz

Prestes a ser lançado, o novo Mercedes-Benz Classe S já deu as caras em flagras registrados na Europa, mostrando sua nova frente com grades maiores e lanternas estreitas.

O interior com central multimídia MBUX 7.0 à lá Tesla, que terá reconhecimento facial, também já havia sido revelado.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

O que não se sabia, no entanto, é que o sedã será o primeiro carro do mundo a contar com airbags frontais para os passageiros dos bancos traseiros. E vindo do carro que é reconhecido por lançar tecnologias de segurança, isso não surpreende.

Nova geração será apresentada ainda este ano CocheSpias/Reprodução

De acordo com a Mercedes, as bolsas ficarão alocadas na parte de trás dos bancos dianteiros e em caso de impacto se abrirão em formato de “U”, inclusive com capacidade para se ajustar – e proteger ainda mais – crianças presas em cadeirinhas infantis.

Continua após a publicidade

A marca ainda explicou que o sistema funcionará em conjunto com outros dois dispositivos de segurança: o Pre-Safe Impulse Side, que detecta um impacto lateral iminente e empurra os passageiros para o centro do carro, e a suspensão E-Active Body Control, que torna a estrutura do automóvel mais rígida e resistente à batidas.

Central multimídia do Classe S lembra a dos Tesla CocheSpias/Reprodução

O novo Classe S tem lançamento previsto para setembro na Europa e deve manter o motor V12 em sua versão topo de linha.

  • No entanto, todas as opções de motorização também devem surgir com algum tipo de eletrificação, seja com um sistema híbrido leve ou plug-in. Sua versão elétrica, derivada do conceito EQS, será lançada mais adiante.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de julho da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Arte/Quatro Rodas

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade