Clique e assine com até 75% de desconto

Flagra: novo Mercedes Classe S terá grade enorme como os BMW

Sedã que deve ser lançado na Europa em setembro foi flagrado sem camuflagens; veja como vai ficar

Por Daniel Telles Atualizado em 12 Maio 2020, 12h27 - Publicado em 12 Maio 2020, 11h48
Dianteira ganhou uma grade que domina a cena e lanternas mais estreitas e deslocadas para as extremidades CocheSpias/Reprodução

O Classe S, sedã mais luxuoso e suntuoso da Mercedes está prestes a mudar de geração. O novo modelo, que deve ser lançado em setembro na Europa, já foi inclusive flagrado sem camuflagem.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

As imagens, que parecem ter sido feitas em um ferro velho (provável destino deste protótipo após ter servido como “mula”), revelam uma grade bem maior na dianteira, seguindo as propostas da concorrente BMW, e lanternas com desenho mais estreito.

Na traseira, detalhe para as lanternas bipartidas e delgadas e para o friso cromado horizontal. Chama atenção também a dupla saída de escapamento.

Friso cromado e lanternas bipartidas deram jeitão de Corolla ao Mercedes CocheSpias/Reprodução

O interior foi totalmente redesenhado e ficou parecido com o do Mercedes-Benz EQC, SUV elétrico da marca lançado na Brasil no início do ano.

A enorme tela no centro do painel, à la Tesla, deve comandar grande parte dos recursos do carro, já que há apenas uma barra horizontal com poucos botões físicos.

Continua após a publicidade
No interior, volante ganhou novo desenho e saídas de ar foram alocadas na parte de cima do painel CocheSpias/Reprodução

Destaque também para o grande painel de instrumentos digital posicionado atrás do volante, que também recebeu novo desenho.

O novo Classe S terá recursos de direção autônoma e será construído sobre a plataforma MRA II, o que significa que deve aumentar ainda mais de tamanho.

  • Sob o capô, o sedã deve manter o motor V12 para sua versão topo de linha. Entretanto, todas as opções devem surgir com algum tipo de eletrificação, seja com um sistema híbrido leve ou plug-in.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade