Clique e assine por apenas 8,90/mês

Mercedes-Benz Classe S terá central multimídia de Tesla e recursos de BMW

Próxima geração do sedã topo de linha será mostrada só em setembro, mas QUATRO RODAS já conferiu detalhes de tecnologia do modelo

Por Joaquim Oliveira - Atualizado em 8 jul 2020, 16h59 - Publicado em 8 jul 2020, 10h21
Nova geração do sedã topo de linha será mostrada ainda neste ano Reprodução/Mercedes-Benz

A nova geração do Mercedes-Benz Classe S só será apresentada oficialmente em setembro, mas QUATRO RODAS já conheceu de perto uma das principais mudanças do sedã topo de linha: o interior revolucionário e cheio de tecnologias.

Primeiro, é preciso fazer algumas considerações gerais a respeito do novo modelo, que, apesar de mudar o desenho e a plataforma, manteve as mesmas dimensões do antecessor.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

E também terá opção de entre-eixos alongados, bem ao gosto da clientela de EUA e China – e são eles que comprar 2 a cada 3 unidades vendidas no mundo. Também seguirá sendo feita a configuração ultraluxuosa com assinatura Maybach.

Quadro de instrumentos digital pode ser configurado Reprodução/Mercedes-Benz

Se espaço e conforto já eram impressionantes, esses atributos foram melhorados e, agora, têm companhia da segunda geração do sistema operativo MBUX, que estreia no Classe S.

Continua após a publicidade

Primeira surpresa é a tela digital para o quadro de instrumentos, mas o modelo ainda recebeu um gigantesco head-up display e central multimídia com tela ainda maior, na vertical, ao estilo do que já existia anteriormente para Tesla e Volvo.

Central multimídia eliminou 27 botões que existiam no console Reprodução/Mercedes-Benz

Segundo a Mercedes-Benz, o console passou por uma limpa e perdeu 27 botões em relação à geração anterior do Classe S. Mas algumas funções importantes, como modos de condução e luzes de emergência, seguem em uma barra à parte.

Aliás, agora, o MBUX já está restrito à primeira fileira: quem viaja atrás (e, neste caso, pode ser o dono do carro), também terá telas para assistir a vídeos, acessar a internet e controlar uma série de funções, como climatização e iluminação.

Segunda fileira também tem acesso ao novo sistema MBUX Reprodução/Mercedes-Benz

Esse recurso não chega a ser novidade no segmento, considerando que o rival BMW Série 7 já oferece sistema bem semelhante na geração atual, que já está há anos no mercado.

Por fim, o novo Classe S recebeu um leitor de impressões digital, que também já existia no rival Audi A8, mas que, desta vez, também deverá servir para autorizar pagamentos online.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da nova edição de quatro rodas? clique aqui e tenha o acesso digital.

Fernando Pires/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade