Clique e assine por apenas 8,90/mês

Novo Cadillac Lyriq terá central gigante com tela de 33 polegadas

Crossover terá motorização elétrica e autonomia superior aos 640 km; Primeiras entregas serão para o mercado chinês, no início de 2021

Por Daniel Telles - Atualizado em 27 jul 2020, 12h50 - Publicado em 27 jul 2020, 12h48
Cadillac Lyriq será oficialmente lançado no dia 6 de agosto Cadillac/Divulgação

Próximo lançamento da Cadillac, o Lyriq será oficialmente apresentado em 6 de agosto. Mas nem por isso a GM deixou de revelar alguns aperitivos do que será oferecido pelo carro.

No último spoiler, foi mostrado que o Lyriq seguirá o exemplo do irmão Escalade e terá uma tela gigante que percorrerá todo o painel central. E ela será ainda maior.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

No Escalade há três telas que, juntas, somam 38 polegadas. No Lyriq, sua enorme tela curva e com tecnologia OLED é contínua e tem 33 polegadas. Como telas são medidas na diagonal, dá para dizer que serão quase 70 cm de tela para servir tanto o motorista, quanto os passageiros.

Tela gigante será dividida em três setores Cadillac/Divulgação

A peça única, no entanto, terá três setores: à esquerda poderá ser comandado o head-up display e outros itens do interior da cabine; ao centro ficará o quadro de instrumentos digital e mais à direita o sistema de entretenimento.

De acordo com a marca, haverá também um sistema de inteligência artificial, que reconhecerá o motorista e fornecerá detalhes da viagem, calendário e eventos futuros.

Mecânica elétrica com autonomia de mais de 640 km

Imagem da central deu spoiler de como será a traseira do carro Cadillac/Divulgação

Ainda não são claros todos os atributos do Cadillac Lyriq. O que se sabe é que o crossover terá motorização elétrica com autonomia que pode superar os 640 km com uma única carga. Além disso, por ser um SUV, é provável que o modelo chegue com tração integral.

As primeiras entregas do Lyriq serão destinadas ao mercado chinês e devem acontecer no início de 2021.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade