Clique e assine por apenas 5,90/mês

Novo Chevrolet Tracker Premier 1.2 Turbo custará mais de R$ 110.000

SUV compacto pode ter preço inicial mais em conta, mas versão topo de linha será mais cara que a atual

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 18 fev 2020, 15h51 - Publicado em 18 fev 2020, 15h41
Versão Premier com pintura metálica custará R$ 113.600 Rodrigo Ronconi/Quatro Rodas

A nova geração do Chevrolet Tracker terá preço inicial bem abaixo do modelo antigo. Além de repetir a estratégia de preços agressiva do novo Onix, o SUV compacto terá versões de entrada com motor 1.0 turbo em uma faixa de preço onde nunca atuou.

Mas isso não impedirá o Tracker de ter versões ainda mais caras que as atuais.

Adesivo revela a presença de WiFi Rodrigo Ronconi/Quatro Rodas

As primeiras unidades que chegarão às lojas são da versão Premier, com o inédito motor 1.2 turbo e câmbio automático, e pintura metálica azul. O preço sugerido é de R$ 113.600, de acordo com fontes de QUATRO RODAS ligados a concessionárias Chevrolet.

O Chevrolet Tracker Premier atual, com motor 1.4 turbo, custa a partir de R$ 110.590, chegando a R$ 112.190 com a pintura metálica de R$ 1.600. A nova geração custaria cerca de R$ 112.000 com pintura sólida – mais que os R$ 109.990 pedidos por um VW T-Cross Highline com motor 1.4 TSI.

Teto-solar com abertura elétrica agora é panorâmico Rodrigo Ronconi/Quatro Rodas

O que não está claro é se a versão Premier terá um pacote básico e outro Premier II. Mas terá pelo menos um pacote opcional, que pode ser o teto solar panorâmico com abertura elétrica.

Continua após a publicidade

O novo Tracker estreará alguns sistemas de segurança. Entre eles estão assistente de baliza e frenagem autônoma de emergência. Ainda terá alerta de pontos cegos, mudança de faixa involuntária e alerta de colisão, que hoje são opcionais.

Por enquanto, este motor 1.2 turbo só foi anunciado para o México e os Emirados Árabes Unidos, onde este propulsor rende 132 cv e 19,1 mkgf com gasolina. Por aqui, também beberá etanol.

Interior do novo Chevrolet Tracker compartilha muitas peças com o Onix Alyson Vasconcelos/Quatro Rodas

Versões mais acessíveis, LS (que pode não ter nome, como no Onix) e LT ficarão com o motor 1.0 turbo flex de 116 cv; Premier estreado pelo novo Onix. Haverá opção de câmbio manual e automático, sempre de seis marchas.

Entre os elementos visuais exclusivos da versão Premier estão aplique em cromo acetinado na base do para-choque traseiro, a base da moldura dos vidros também cromada e, claro, as rodas de liga leve mais rebuscadas e maiores, com acabamento diamantado.

O novo Chevrolet Tracker está previsto para começar a chegar às lojas no final de março.

Fotografou um segredo? Mande seu flagra para nós: 55 11 99975-9245

Continua após a publicidade
Publicidade