Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Nova Ranger Raptor é inspirada em caças e tem V6 com som de escape direto

Com V6 de até 400 cv e preparo de corrida, Ford Ranger Raptor é tudo que a picape sempre foi ao mesmo tempo que encara as trilhas mais extremas possíveis

Por Eduardo Passos Atualizado em 22 fev 2022, 10h41 - Publicado em 22 fev 2022, 10h33

A nova Ford Ranger já é testada pelas ruas do Brasil, com lançamento marcado para 2023. Mas, enquanto a picape média não chega ao mercado nacional, a Europa acaba de ganhar a novíssima Ranger Raptor, apresentada nesta terça-feira (22).

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Versão mais radical da nova Ranger, a Raptor segue a linha do também recente Bronco Raptor: motor 3.0 V6, preparo para off-road extremo e bastante estilo. No mercado europeu, suas entregas começarão no último trimestre de 2022, anunciou a marca.

Cara fechada

Com a linha Ranger completamente renovada em termos estéticos, não foi necessário à Raptor ousar muito nesse aspecto. A dianteira mantém os faróis em C, na mesma linha da F-150 e Maverick mas com aspecto mais agressivo. Reforçando essa intenção, a cor preta domina as grades e entradas de ar, sendo quebrada pelo skid plate de aço reforçado e pelas matrizes de leds que servem como iluminação principal.

Lanternas traseiras têm assinatura visual exclusiva
Lanternas traseiras têm assinatura visual exclusiva Divulgação/Ford

A carroceria também parece pouco mexida, mas houve reforços estruturais na coluna C, caçamba e estribos — esses feitos de alumínio tanto pelo estilo quanto pela durabilidade. Os pontos de reboque ficam escondidos para não prejudicar ângulos de ataque e saída.

Mudanças na dianteira se limitaram a dar uma cara mais "fechada" à Ranger
Mudanças na dianteira se limitaram a dar uma cara mais “fechada” à Ranger Divulgação/Ford

Motor V6 turbo

Se tratando da linha fora-de-estrada mais extrema da Ford, nada na Ranger Raptor é “esportivado”: as entradas de ar são funcionais e servem para alimentar o motor V6 3.0 Ecoboost, independentemente da situação. Ele será uma das opções da Raptor, que terá versão amansada com o 2.0 diesel disponível no resto da linha.

Motor V6 pode fazer barulho suficiente para render problemas ao condutor
Motor V6 pode fazer barulho suficiente para render problemas ao condutor Divulgação/Ford

Na Europa, o seis-cilindros rende apenas 288 cv e 50 kgfm, por conta das normas de emissões. Na Tailândia e na Austrália, porém, rende 400 cv e 59,5 kgfm. Este motor é forjado em ferro vermicular, que utiliza grafite para aumentar a resistência a impactos e altas temperaturas. Desse modo, a montadora pôde aplicar características vindas do Ford GT, seu superesportivo.

A mais notável dessas é o sistema que elimina o lag do turbocompressor ao fazer com que este gire por até três segundos após o motorista tirar o pé do acelerador. Sempre pressurizado, o turbo não só responde imediatamente à próxima pisada como ainda ajusta seus parâmetros a cada uma das dez marchas do câmbio automático.

Dados aceleração e carga da Raptor ainda serão divulgados
Dados aceleração e carga da Raptor ainda serão divulgados Divulgação/Ford

Completando o showzinho à parte, o V6 pode roncar em quatros modos diferentes: desde o ajuste silencioso “para não acordar os vizinhos de manhã” até o mais extremo, que simula um escape direto e deve ser usado longe das ruas, destaca a Ford.

Dança coreografada

É fato que, na trilha, potência é só um dos fatores que importam. Para atender às demandas das expedições mais bravas, portanto, a Ford preparou o que julga ser o melhor conjunto de suspensão já feito para a Ranger.

A começar pelos braços de alumínio e amortecedores ativos da Fox, que se ajustam às imperfeições do terreno centenas de vezes por segundo. O grau de atenção foi tanto que os tubos utilizam infusão de Teflon para minimizar o atrito e favorecer um ajuste imediato.

Continua após a publicidade

Nova suspensão da Ranger Raptor conta com tecnologia da preparadora Fox
Nova suspensão da Ranger Raptor conta com tecnologia da preparadora Fox Divulgação/Ford

Ainda que plenamente ajustáveis e ainda maiores, os amortecedores também contam com um sistema anti-batidas secas, com os 25% finais de seu curso mais resistentes. O sistema também ajuda a segurar a dianteira em acelerações extremas.

Ainda que a articulação Watt já existisse, essa também foi refinada, permitindo ainda mais que o eixo rígido se mova verticalmente sem movimento lateral.

Pneus todo-terreno exclusivos envolvem as rodas de aro 17
Pneus todo-terreno exclusivos envolvem as rodas de aro 17 Divulgação/Ford

Controle total

Outra estreia da Ranger Raptor é a tração integral inteligente, com duas caixas de transferência e bloqueio dos diferenciais traseiro e dianteiro. Para extrair o máximo das funções, a caminhonete oferece sete modos, que servem para todas as situações.

No modo mais “pacífico”, o V6 não apenas ronca baixo: ele também bebe menos graças ao ajuste das marchas, com acelerações mais suaves e suspensão favorecendo o conforto.

Picape tem modos de condução para as mais diversas circunstâncias
Picape tem modos de condução para as mais diversas circunstâncias Divulgação/Ford

Já no modo Baja, a Raptor se transforma em uma picape digna das corridas pelo deserto da Califórnia, com absolutamente todos parâmetros voltados para a brutalidade. A picape média fica barulhenta, desconfortável e veloz, como querem seus compradores.

Os sensores também maximizam a distribuição de tração pelas quatro rodas e um controle de cruzeiro para trilhas é disponibilizado abaixo de 32 km/h. Com isso, o veículo acelera sozinho enquanto o motorista se concentra em escalar pedras e outros obstáculos.

The next-generation and next-level Ford Ranger Raptor has arrived. Built to dominate in the desert, master the mountains and rule everywhere in between, the second-generation Ranger Raptor raises the off-road performance bar as a pick-up built for true enthusiasts.
Painel da nova Ford Ranger Raptor Divulgação/Ford

Piloto de caça

Se o jeitinho é de trator, a cabine, por outro lado, é de aviões de guerra, dado que a Ford criou assentos inspirados em caças para os cinco ocupantes. Além do estilo, os bancos foram projetados para manter todos nos devidos lugares, mesmo com chacoalhar hardcore.

Compartilhe essa matéria via:

O painel conta com volante aquecível de couro e borboletas de magnésio, enquanto o laranja dos Ford de trilha é espalhado pela cabine e até pelas luzes internas, em cor âmbar. 

Ford olhou para o alto afim de buscar inspiração para a nova Ranger Raptor
Ford olhou para o alto afim de buscar inspiração para a nova Ranger Raptor Divulgação/Ford

As telas repetem o padrão da Ranger normal, com quadro de instrumentos digital de 12,4’’ e tela vertical de 12’’ servindo de central multimídia. Além do suporte de praxe a Android Auto e Apple Carplay, há o novo sistema operacional Sync 4 e dez alto-falantes da B&O, em alta fidelidade.

Laranja da decoração é repetido pelas luzes da cabine
Laranja da decoração é repetido pelas luzes da cabine Divulgação/Ford

Cotada para o Brasil, a Ford Ranger Raptor custará cerca de US$ 52.000 no mercado dos Estados Unidos, reporta a imprensa local.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 754 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 754 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês