Clique e assine por apenas 8,90/mês

Nova geração do Hyundai i30 ganha versão perua

Concorrente das peruas Focus e Golf na Europa, o modelo está mais leve e com direção até 10% mais direta

Por Guilherme Fontana - Atualizado em 22 fev 2017, 17h09 - Publicado em 22 fev 2017, 16h16
Até a porta traseira, a perua é idêntica ao hatch
Até a porta traseira, a perua é idêntica ao hatch

O Hyundai i30 teve sua segunda geração revelada ao mundo em meados de 2016 e surpreendeu pelo visual mais alemão de sua história de três gerações. Agora, a família cresceu – literalmente.

A marca apresentou a configuração perua do modelo, que fará sua primeira aparição pública durante o Salão de Genebra.

Com 24,5 cm extras, modelo pode ter até 1.650 litros para bagagens com bancos traseiros rebatidos
Apesar do entre-eixos ser o mesmo do hatch, perua tem 24,5 cm de comprimento a mais Divulgação/Quatro Rodas

Na dianteira, nada muda em relação ao hatch. Permanecem os faróis afilados e o para-choque com aberturas e traços esportivos. Da porta traseira para trás, porém, tudo muda.

São 24,5 cm extras, que resultam em um porta-malas de generosos 602 litros (um pouco menos que os 605 litros da Golf Variant), que podem passar para 1.650 litros quando os bancos traseiros são rebatidos.

Continua após a publicidade
Com os bancos rebatidos, capacidade chega a
Com os bancos rebatidos, capacidade chega a 1.650 litros

Mais do que isso, há espaço para objetos menores em um compartimento “secreto” abaixo do porta-malas (sem capacidade divulgada). O entre-eixos da perua, no entanto, é o mesmo do hatch: 2,65 m.

Por dentro, o painel mostra um salto de qualidade e refinamento, aposentando as linhas mais verticais que caracterizavam a linha Hyundai até pouco tempo atrás.

Interior da nova geração do i30 tem traços horizontais e tela multimídia destacada do painel
Interior da nova geração do i30 tem traços horizontais e tela multimídia destacada do painel Divulgação/Quatro Rodas

Além de espaçosa, a i30 Wagon também promete estabilidade e robustez após testes em Nürburgring. A direção está até 10% mais direta e a carroceria mais leve e rígida pela composição de 53% de aço de ultra resistência.

Na Europa, o modelo terá os mesmos motores do i30 hatch: 1.0 e 1.4, ambos turbo a gasolina, com 120 e 140 cv, e um 1.6 turbodiesel com opções de 95, 110 e 133 cv. Não há previsão da chegada dessa nova geração ao Brasil, onde a i30 CW chegou a ser vendida com sucesso anos atrás.

Continua após a publicidade

 

Publicidade