Clique e assine por apenas 8,90/mês

Nova Fiat Strada tem versão com rodas de aço e para-choques pretos

Elementos sem pintura, rodas e faróis ajudam a identificar cada uma das quatro versões da picape compacta

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 31 mar 2020, 10h44 - Publicado em 31 mar 2020, 10h07
Fiat Strada Working 2021 Reprodução/Internet

Uma das missões da nova Fiat Strada será reconquistar o consumidor comum. Nos últimos anos, as vendas da picape compacta foram majoritariamente para empresas e frotistas. Mas esse público não será abandonado.

Imagens de patentes revelaram cada uma das versões da picape com carroceria cabine dupla – que agora passa a ter sempre quatro portas. Inclusive da mais básica, com rodas de aço estampado e para-choque sem pintura, assim como na carroceria cabine simples.

Fiat Strada Working 2021 Reprodução/Internet

Visualmente, o que define cada uma das quatro versões são elementos como as rodas e os para-choques, retrovisores e maçanetas, que podem ser pintados ou não. E os faróis, que têm leds na versão topo de linha.

Fiat Strada Working 2021 Reprodução/Internet

Tudo começa pela versão Working, que será sempre equipada com o velho motor 1.4 quatro-cilindros Fire flex 8V de 88 cv e 12,5 kgfm quando abastecido com etanol. Esse motor será compartilhado com a versão Endurance, primeira com para-choque pintado e que também ganha faróis de neblina.

Continua após a publicidade
Fiat Strada Endurance 2021 Reprodução/Internet

Em seguida vem a versão Freedom, com maçanetas e retrovisores pintados, e luzes repetidoras das setas nos retrovisores. Já a Volcano tem, além dos faróis mais refinados, barras longitudinais que vão da caçamba ao teto e borrachões nas portas.

Fiat Strada Freedom 2021 Reprodução/Internet

Estas duas versões que herdam o nome da prima maior Toro receberão o 1.3 quatro-cilindros Firefly, também flexível e com duas válvulas por cilindro, mas muito mais moderno, eficiente e forte: 109 cv e 14,2 kgfm com o combustível vegetal.

Fiat Strada Volcano 2021 Reprodução/Internet

O câmbio é sempre manual de cinco marchas, mas mais tarde a picape poderá ganhar o novo câmbio automático CVT que está sendo preparado pela Fiat.

 

Continua após a publicidade
Fiat Strada Volcano 2021 Reprodução/Internet

As imagens (principalmente de lateral e traseira) não deixam dúvida: a nova Strada segue com suspensão traseira com eixo rígido em formato de ômega e com feixe de molas semi elípticas. Ou seja: usa o mesmo sistema da antiga Strada e da Fiorino.

A boa notícia é que, por obrigatoriedade, todas as versões da nova Fiat Strada terão de série controles de estabilidade e tração como item de série. A partir deste ano, qualquer novo projeto de veículo a ser vendido no Brasil precisa dispor do item.

Assim será a nova Strada Volcano cabine dupla Divulgação/Fiat
Para não dar saudades, a geração antiga – lançada em 1998 – seguirá à venda. De acordo com o parceiro Autos Segredos, a ideia inicial da Fiat era manter apenas a versão Hard Working com cabine simples, mas as mudanças proporcionadas pelo coronavírus (que, inclusive, adiará o lançamento da nova Strada) pode fazer com que a fabricante também mantenha a carroceria cabine dupla.
Traseira da nova Strada segue o mesmo estilo visto na Toro Divulgação/Fiat
Publicidade