Clique e assine por apenas 6,90/mês

Nova Chevrolet Silverado fica 204 quilos mais leve

A picape contará com oito configurações de acabamento e três opções de motorização; câmbio tem dez marchas

Por Mateus Silveira - Atualizado em 16 jan 2018, 13h04 - Publicado em 15 jan 2018, 13h16
Versão topo de linha, High Country, tem acabamentos luxuosos sem perder vocação ao trabalho Divulgação/Chevrolet

No ano em que a Chevrolet completa um século fabricando picapes, coube à nova Silverado 2019 ser o principal lançamento da marca no Salão de Detroit, Estados Unidos.

Entre as principais novidades da picape, está uma importante redução de 204 kg no peso do modelo e a inclusão de três versões inéditas, entre elas a LT Trailboss, destinada ao off-road e revelada no último mês.

Versão LT Trailboss é equipada para o off-road Divulgação/Chevrolet

Para conseguir reduzir o peso, a GM utilizou materiais mistos e até sete tipos diferentes de aço durante a produção da nova geração da Silverado.

Só na carroceria foram 40 kg a menos. O restante está distribuído em outras partes, como a suspensão, que teve as molas feitas com novo material para ajudar na redução.

Continua após a publicidade
Versão RST da Silverado é inédita e com performance voltada às ruas Divulgação/Chevrolet

A nova Silverado também ficou maior. O entre-eixos cresceu 10 cm e a picape está 4 cm mais comprida em relação à geração anterior, resultando em um aumento no volume da caçamba de carga.

Sob o capô são oferecidos três opções de motorização. Além dos já conhecidos V8 6.2 com 426 cv e o V8 5.3 com 360 cv, que devem receber melhoras, a nova Silverado terá um novo V6 turbodiesel 3.0 Duramax, substituindo o atual V6 4.3 com 289 cv.

O novo V6 3.0 e o V8 6.2 serão acoplados ao moderno câmbio Hydra-Matic de dez marchas, desenvolvido em uma parceria entre a General Motors e a Ford – que utiliza em seus modelos como a nova Ranger e o Mustang.

Para a nova geração, serão oito configurações de acabamento, entre elas, três inéditas. Além da já revelada LT Trailboss, a RST, que traz uma aparência de performance urbana da LT, com iluminações de LED e rodas de até 22 polegadas e a Custom Trailboss, com requinte off-road para a versão Custom.

Continua após a publicidade
Entre-eixos 10 cm maior resultou em mais espaço na caçamba da Silverado 2019 Divulgação/Chevrolet

As outras configurações são: Work Truck, voltada ao trabalho e com rodas de 17 polegadas; a LTZ com para-choque, grade dianteira, retrovisores e maçanetas com detalhes cromados, além do revestimento interno de couro e, a topo de linha High Country, que conta com detalhes cromados e de bronze em dois tons na dianteira, e outros detalhes luxuosos.

Interior impressiona pela ampliude: repare na largura do console central reprodução/Divulgação

No interior, a Chevrolet priorizou funcionalidade, sem deixar de oferecer luxo e conforto – nas versões mais caras. O painel conta com a central multimídia MyLink com Android Auto, Apple CarPlay, Wi-Fi e 4G LTE.

Ainda há comandos do ar-condicionado dual zone, botões para faróis e, tradicional de veículos norte-americanos, porta-copos no centro do interior.

Versão Work Truck da Silverado 2019 é voltada ao trabalho Divulgação/Chevrolet

Em exibição durante todo o Salão de Detroit, a nova geração da Silverado será produzida na fábrica de Fort Wayne, Indiana, e só chegará às lojas no segundo semestre de 2018. Por enquanto, não há previsão de vendas no Brasil.

Continua após a publicidade

“Neste momento não temos planos de voltar a vender a Silverado no Brasil. O segmento dela é pequeno no Brasil, enquanto nos EUA é muito grande. Vamos focar na liderança da S10 entre as picapes médias”, afirmou Carlos Zarlenga, presidente da GM no Mercosul.

Nova Silverado 2019 em exibição no Salão de Detroit Henrique Rodriguez/Quatro Rodas
Publicidade