Clique e assine por apenas 8,90/mês

Não parece, mas o VW Golf 2018 mudou (e perdeu o câmbio manual)

Hatch médio ganhou equipamentos e parte agora dos R$ 91.790

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 13 jun 2018, 16h08 - Publicado em 13 jun 2018, 02h34
Volkswagen Golf Highline
Hatch médio tem linha mais coesa e trocou pacotes opcionais por mais itens de série Divulgação/Volkswagen

Demorou, mas mudou. O Volkswagen Golf 2018 chega agora às concessionárias – obedecendo o calendário mexicano, embora o hatch seja nacional com o visual que estreou na Europa em 2017.

As mudanças são bastante leves e contemplam, basicamente, faróis, lanternas, rodas e para-choques. O mais marcante, porém, é o friso horizontal cromado (com parte vermelha no GTI) acima dos faróis de neblina e da tomada de ar inferior.

Os faróis são novos, com leds diurnos incorporados e com divisão interna alinhada com a nova grade. Há opção de faróis de led para as versões Highline e GTI.

Também opcional das versões mais caras, o piloto automático adaptativo (ACC) passa a ter seu sensor escondido atrás do logotipo da Volks. Antes era um quadrado exposto bem no meio da grade inferior.

Continua após a publicidade
Volkswagen Golf Comfortline
Versão Comfortline, com motor TSI 1.0, tem uma saída de escape e lanternas com led exclusivas Divulgação/Volkswagen

Todos as versões passaram a ter lanternas com led, mas o conjunto é diferente nos Highline e GTI. Nestes, os leds passam da horizontal para a vertical quando os freios são acionados, como no Passat.

Além disso, todos têm as três primeiras revisões inclusas no valor. Quer dizer que, até os 30.000 km, tanto os preços de peças como de mão de obra já estão inclusos.

Tanto o Golf como o Golf Variant tem novos para-choques com para-choque com vinco horizontal integrado com o nicho da placa e alinhado com os refletores.

Volkswagen Golf Highline
Central com tela de oito polegadas é de série em todas as versões Divulgação/Volkswagen

Na parte mecânica, uma má notícia e duas boas.

Continua após a publicidade

Vamos à má: não existe mais, no Brasil, Golf ou Golf Variant com câmbio manual. Todos têm câmbio automático de seis marchas Aisin e, no caso do GTI, câmbio DSG de seis marchas.

Volkswagen Golf Variant
Perua Variant é vendida apenas com motor 1.4 TSI Flex Divulgação/Volkswagen

Agora as boas notícias: a versão Comfortline com motor 1.0 turbo passa a ser vendida apenas com câmbio automático de seis marchas – o 1.6 já havia sido extinto – e o Golf GTI teve ganho de 10 cv e chegou aos 230 cv.

A Volkswagen fala em simplificação da oferta de versões. Na prática, a fabricante deu ao seu hatch médio uma gama de versões mais coerente para conviver com o Polo. Não à toa, todos os Golf passam a ter de série a central multimídia com tela de 8 polegadas, câmera de ré e lanternas de led.

Volkswagen Golf Variant
Volkswagen Golf Variant Highline 2019 Divulgação/Volkswagen

Se o Golf 1.6 nunca fez muito sentido, hoje não seria muito coerente ter um Golf 1.0 TSI manual se todos os Polo 1.0 TSI têm câmbio manual. A potência do Golf TSI aumentou: passou de 125/116 cv com gasolina e álcool para 128/116 cv, mas mantendo os 20.4 mkgf a 2.000 rpm. São os mesmos números do Polo.

Continua após a publicidade

Seguindo a nova regra de nomenclatura da Volkswagen, há o Golf Comfortline 200 TSI e o Golf Variant Comfortline 250 TSI. Mas nenhum dos dois tem isso estampado na traseira como o Polo. Este segundo usa o motor 1.4 TSI Flex de 150 cv e 25,5 mkgf a 1.500 rpm e, claro, o câmbio automático de seis marchas. O novíssimo 1.5 TSI ficou para mais tarde.

Volkswagen Golf Comfortline
Golf Comfortline tem pontos de led na base do farol Divulgação/Volkswagen
Volkswagen Golf Variant
Versões Highline tem faróis com leds diurnos, mas em L e não na parte inferior da peça Divulgação/Volkswagen

De série, os Comfortline têm novas rodas de liga leve de 16 polegadas, sete airbags (o Polo tem quatro) sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, bloqueio eletrônico do diferencial (EDS e XDS+), controles de estabilidade e tração, e ar-condicionado manual.

Volkswagen Golf Comfortline
Golf Comfortline tem central com Android Auto e Apple Carplay Divulgação/Volkswagen

Volante multifuncional de couro e com borboletas para trocas de marcha, sensores de chuva e crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico e piloto automático eram opcionais e agora são equipamentos de série. Só as rodas Madrid aro 17″ (R$ 2.450) e o teto solar (R$ 6.400) são opcionais agora. A Volks, de fato, simplificou a gama do Golf.

Volkswagen Golf Comfortline
Volkswagen Golf Comfortline 2019 Divulgação/Volkswagen

O Golf Highline ficou ofuscado pelas novidades das demais versões. Tanto ele com a Variant Highline têm motor 1.4 TSI com câmbio automático. O friso cromado na linha dos vidros laterais foi retirado nas duas carrocerias.

Continua após a publicidade

Somam à lista de itens de série dos Comfortline partida sem chave, luz ambiente na cabine, ar-condicionado automático de duas zonas; sistema start-stop e bancos revestidos de couro (com aquecimento na Variant, que ainda é importada do México). Por fim, seus retrovisores são rebatíveis.

Volkswagen Golf Highline
Versão Highline, com motor 1.4 TSI, tem duas saídas de escape e TSI com S e I vermelhos Divulgação

Além de teto solar (R$ 4.800) e das rodas 17 polegadas “Karlskoga” (R$ 2.450), há o pacote Premium como opcional R$ 9.900. Ele integra ACC com frenagem de emergência, sensor de fadiga, ajuste automático de farol alto, faróis de led, sistema Park Assist e a central Discover Media, também de oito polegadas, que tem GPS integrado e independente de Google Maps e Waze – ao contrário da Composition Media dos demais.

Volkswagen Golf GTI
Volkswagen Golf GTI agora tem 230 cv Divulgação/Volkswagen

O Golf GTI vive em um mundo a parte, próprio. Nova calibração rendeu ao 2.0 TSI 10 cv a mais. Se antes eram 220 cv a 4.500 rpm, agora são 230 cv a 4.700 rpm. Contudo, os 35,7 mkgf estão mantidos na faixa entre 1.500 rpm e 4.600 rpm. O câmbio é mesmo DSG de seis marchas. Este conjunto leva o nome 350 TSI.

Volkswagen Golf GTI
Versão GTI pode ter lanternas com setas sequenciais, como os Audi Divulgação/Volkswagen

Sabe o quadro de instrumentos digital do Polo? Entre os Golf, só o GTI tem. É a mesma tela do Passat, com 12,3″ e todos os instrumentos digitais.

Continua após a publicidade
Active info display Golf 2018
Quadro de instrumentos digital de 12,3″ é o mesmo do Passat Henrique Rodriguez/Quatro Rodas

É de série, junto com a central Discover Media, a direção elétrica com relação progressiva (que aumenta a relação de movimentação das rodas conforme o volante é girado), modos de direção (Normal/Esporte/Eco/Individual) e os bancos esportivos com revestimento de tecido xadrez clássico.

Volkswagen Golf GTI
Banco de couro é opcional, mas o xadrez clássico dos GTI é de série Divulgação/Volkswagen

Como opcionais o Golf GTI tem teto solar panorâmico (R$ 4.800) e dois pacotes. O Premium tem ACC, Park Assist, faróis de LED, lanternas traseiras com led sequencial à moda da Audi, farol alto automático e monitor de fadiga do motorista. Custa R$ 9.200.

O segundo pacote é o Sport, que une as rodas de 18 polegadas e os bancos de couro com regulagem elétrica para o banco do motorista. Custa R$ 5.900.

Volkswagen Golf Variant
Teto solar é opcional em todas as versões do Golf 2019 Divulgação/Volkswagen

Os Golf Comfortline e Highline estão disponíveis nas cores Preto Ninja, Branco Puro e Vermelho Tornado (sólidas); Prata Sargas e Cinza Platinum (metálicas). O Golf GTI tem as mesmas opções, mas com Preto Mystic perolizado e Prata Snow. O Golf tem como opções as cores Branco Puro (sólida), Azul Night, Prata Tungstênio, Prata Snow, Cinza Platinum (metálicas) e Preto Mystic (perolizada).

Continua após a publicidade

Preços:

Modelo Preço do Mod. 2017 Preço do Mod. 2018
Golf Comfortline 1.0 TSI MT R$ 78.790
Golf Comfortline 1.0 TSI AT R$ 91.790
Golf Highline 1.4 TSI AT R$ 109.730 R$ 112.190
Golf GTI 2.0 TSI DSG R$ 134.470 R$ 143.790
Golf Variant Comfortline 1.4 TSI AT R$ 97.020 R$ 102.990
Golf Variant Highline 1.4 TSI AT R$ 107.980 R$ 113.490

 

Publicidade