Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Moto elétrica do iFood custa R$ 10.000 e pode ser usada em qualquer app

Baterias da moto elétrica serão oferecidas com assinatura mensal e poderão ser trocadas em vez de recarregadas

Por Bruno dos Santos
Atualizado em 1 jun 2022, 19h07 - Publicado em 1 jun 2022, 18h52

Em parceria com a brasileira Voltz, o iFood lançou uma moto elétrica dedicada aos entregadores da plataforma. Por R$ 9.999, a chamada Voltz EVS Work iFood quer ser uma alternativa mais barata e eficiente para os entregadores. 

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

As 300 primeiras unidades podem ser compradas por financiamento com um subsídio de R$ 2.000 sobre o preço original, de R$ 11.990, oferecido pelo banco BV. Mesmo sem o desconto a moto elétrica é mais barata que uma Honda CG 160 Start, que parte dos R$ 12.280.

Talvez o segredo para esse valor mais baixo esteja nas baterias, que serão oferecidas em duas modalidades de aluguel: a R$ 129/mês para quem rodar até 2.000 km e R$ 319/mês sem quilometragem e com trocas ilimitadas.

Moto do ifood
(iFood/Divulgação)

A EVS Work pode ter até duas baterias e sua autonomia varia entre 100 e 180 km. A moto tem velocidade máxima de 85 km/h, menos que as equivalentes a combustão.

O preço de mercado da Voltz EVS Work começa em R$ 16.490 e chega a R$ 20.990 com duas baterias. A potência é de 3.000 W, o equivalente a 4 cv.

Continua após a publicidade

Essa operação começará por São Paulo, onde as trocas das baterias poderão ser feitas em 19 postos em um primeiro momento. Estarão nos bairros Lapa, República, Consolação, Pinheiros, Jardins, Paulista, Moema, entre outros. O plano é ter 100 estações espalhadas na cidade nos próximos meses.

Moto do ifood
(iFood/Divulgação)

Mas quem comprar a moto também poderá recarregar por conta própria, em tomadas domésticas. Para completar uma carga completa, demora cerca de 5 horas.

Os motociclistas não são obrigados a ter exclusividade com o iFood: as motos poderão fazer entregas em outros aplicativos e até mesmo para passeio e lazer do usuário. Segundo a empresa, no momento não estão preocupados com como o dono usará sua moto, mas sim em ajudar a eletrificar a cidade de São Paulo.

Compartilhe essa matéria via:

Entretanto, as baterias das motos serão conectadas a um aplicativo com rastreamento em tempo real, para saber se as entregas estão sendo realizadas ou não, sendo uma questão de segurança, segundo o representante. 

Moto do ifood
(iFood/Divulgação)

Por meio de um aplicativo o usuário também terá acesso a informações como a carga da moto, localização, recurso de travamento das rodas, pontos de troca de bateria, entre outros.

Segundo o gerente de contas estratégicas da Voltz, Lucas Vitale, a garantia das EVS Work será de 2 anos e a marca oferece revisões a cada 5 mil km rodados. Os clientes podem ser atendidos na oficina da marca no bairro Jardins, em São Paulo.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.