Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Morre presidente da MV Agusta

Marca italiana confirma a morte de Claudio Castiglioni, esta manhã em Varese

Por Marcelo Brettas Atualizado em 9 nov 2016, 11h53 - Publicado em 17 ago 2011, 17h09
Cláudio Castiglioni

Um dos nomes mais prestigiados da indústria de motocicletas italiana, Castiglione lutava há tempos contra uma grave doença e acabou vencido na manhã de hoje, aos 64 anos de idade e ainda cumprindo a função de presidente da MV Agusta Motor.

Castiglioni fundou a empresa Cagiva em 1978, e chegou a comprar as marcas históricas como a Ducati, Husqvarna e MV Agusta. Alguns ícones da indústria de motocicletas têm o dedo do empresário: Cagiva Elefant e Mito, Ducati 916 e Monster, bem como a MV Agusta F4 e Brutale. Atualmente cuidava de cada detalhe de duas motos que deverão se tornar sensação: a MV Agusta Brutale 675 e F3.

Sempre foi um apaixonado pelas competições e ao comando da Cagiva conquistou os títulos do Mundial de Motocross e do Paris-Dakar, além de numerosas vitórias na categoria principal GP 500 (hoje MotoGP). Com a Ducati, sob sua orientação, dominou várias temporadas do Mundial de Superbike graças a modelos como o 851 e 916. Finalmente, com a Husqvarna conquistou diversos Mundiais de Enduro, Motocross e Supermotard.

Dedicou à MV Agusta mais de 15 anos e agora deixa a empresa sob o comando de seu filho Giovanni.

Continua após a publicidade

Publicidade