Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Monza pode ressurgir como SUV elétrico de luxo da Opel

Marca pensa em trazer conhecido nome de volta há anos e planos podem se concretizar em futuro SUV elétrico

Por Igor Macário Atualizado em 10 nov 2020, 09h41 - Publicado em 10 nov 2020, 07h00
130821monza-01.jpg
Conceito mostrado em 2013 foi última aparição de um Monza divulgação/Opel

Não é de hoje que a Opel flerta com a ideia de trazer de volta o emblema Monza para um carro de produção. Desde antes da venda para a PSA, o antigo braço europeu da GM trabalha com a ideia, nunca concretizada. Agora, os planos podem finalmente sair do papel com um novo SUV elétrico topo de linha.

Segundo informações da revista alemã Auto Motor Und Sport, a Opel deverá lançar o Monza em 2024. O modelo terá porte médio-grande, com quase cinco metros de comprimento, ficando acima do Grandland X, a versão Opel do Peugeot 3008.

A Black Friday já começou na Quatro Rodas! Clique aqui e assine por apenas R$ 5,90

A plataforma será nova, modular e desenvolvida especialmente para veículos elétricos da PSA. A eVMP, sigla para “electric Vehicle Modular Platform” estará em todos os modelos compactos e médios lançados até 2025.

130821monza-03.jpg
Por fora, o Monza concept mostra ser uma mescla de coupé com perua, tendo 4,69 metros de comprimento divulgação/Opel

A base permitirá também acomodar baterias de diferentes capacidades, com as maiores entregando autonomias de até 650 km.

Se concretizado, o Monza também será vendido com emblemas da Vauxhall na Inglaterra. Isso porque o modelo ainda tem longos quatro anos de desenvolvimento até o lançamento, caso já tenha sido aprovado, período onde muita coisa pode mudar, levando os planos da Opel para outra direção.

  • Por ora, o Monza ainda é mais especulação do que realidade, embora o lançamento de SUVs elétricos seja algo no radar de praticamente todas as fabricantes. A própria Opel já mostrou a nova geração do Mokka com uma versão elétrica.

    A última vez que o nome Monza apareceu foi num conceito mostrado no Salão de Frankfurt em 2013.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade