Clique e assine por apenas 5,90/mês

Mercedes EQC 4×4² prova que elétrico pode ser SUV off-road de respeito

O conceito tem eixo portal e o dobro de altura livre do solo que a versão tradicional para encarar as trilhas off-road sem perrengue

Por Isadora Carvalho - Atualizado em 14 out 2020, 11h52 - Publicado em 14 out 2020, 07h00

A Mercedes apresentou o seu SUV 100% elétrico, o EQC, em versão voltada para o uso no off-road pesado. Com mudanças visuais e eletrônicas o EQC 4×4² ainda é um conceito, mas mostra o potencial que um elétrico pode ter em terrenos fora de estrada e antecipa o que poderemos ver futuramente.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 8.90

Uma das alterações mais visíveis foi feita na altura livre do solo que mais que dobrou em relação ao EQC convencional. São 29,3 cm do conceito contra 14 cm da versão tradicional – 15 cm mais alto.

Divulgação/Mercedes-Benz

Isso vem do novo conjunto de suspensão e também do eixo portal, onde o cubo da roda fica mais baixo que a ponta do eixo. Combinado ao novo desenho dos para-choques proporcionou novos e melhores ângulos de entrada e saída, com 31,8º e 33º, respectivamente.

Também alargaram os para-lamas com o intuito de abrigar as grandes rodas aro 20 e os largos pneus 285/50. Com isso a carroceria ficou 20 cm mais larga, 10 cm para cada lado.

Continua após a publicidade
Divulgação/Mercedes-Benz

A capacidade de atravessar áreas alagadas também quase dobrou, o SUV 4×4 consegue passar sem problemas por até 40 cm de água, já o EQC “normal” só passa em água até 25 cm.

Na falta de motor e câmbio convencionais, deram atenção especial à eletrônica, principalmente na calibração do programa off-road. Mas os dois motores elétricos continuam os mesmos que equipam o EQC e são alimentados por bateria de íon de lítio de 80 quilowatts-hora para gerar uma potência combinada de 402 cavalos e 77,5 kgfm de torque instantâneo.

O SUV elétrico ficou 20 cm mais largo Divulgação/Mercedes-Benz

O EQC 4×4² teve a participação da mesma equipe em que trabalhou no Classe E All-terrain e na série limitada G 500 4×4² sob o comando do engenheiro de desenvolvimento Jürgen Eberle.

Divulgação/Mercedes-Benz

Mas, a Mercedes-Benz não anunciou (ainda) planos de transformar o EQC 4×4² em um modelo de produção. Se for depender da nossa torcida logo o modelo estará exibindo o seu potencial em nossas estrada de terra.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade
Publicidade