Mercado em setembro: Argo bate Polo, Yaris cai e Renault supera Ford

Onix, novamente, vende mais que dobro do segundo colocado; Corolla e Compass seguem absolutos

O lançamento do Yaris na Argentina afetou o abastecimento para mercado brasileiro. Modelo é produzido em Sorocaba, no interior de São Paulo

O lançamento do Yaris na Argentina afetou o abastecimento para mercado brasileiro. Modelo é produzido em Sorocaba, no interior de São Paulo (Christian Castanho/Quatro Rodas)

O mercado automotivo brasileiro segue em crescimento no acumulado de 2018 entre automóveis e comerciais leves. De janeiro a setembro, foram emplacadas 1.779.675 unidades – uma alta de 13,1% em relação ao mesmo período de 2017.

Os dados do mês de setembro, por sua vez, revelam duas nuances. Em relação ao mesmo mês do ano passado, houve crescimento 5,7%. Já na comparação com agosto/2018, os 204.733 carros registrados correspondem a uma retração de 14,4%.

Para o presidente da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), Alarico Assunção, dois fatores influenciaram a queda dos números. “O mercado sofreu reflexos negativos causados pela menor quantidade de dias úteis. Além disso, diante do clima das eleições, naturalmente, o mercado entra em compasso de espera”, explica o executivo.

Nada abala o reinado do Onix. O hatch da Chevrolet teve 17.981 emplacamentos, mais que o dobro do 2º colocado, o Ka. O modelo da Ford, inclusive, superou seu rival direto em setembro, o Hyundai HB20 – 8.680 contra 8.626 unidades.

A disputa entre VW Polo e Fiat Argo também é interessante. Pela segunda vez esse ano, o Fiat emplacou mais que o VW. Em setembro foram 6.395 contra 5.318 unidades. O Argo vendeu mais que o Polo também em junho — 5.485 contra 4.974. No acumulado, no entanto, a vantagem é do Volkswagen (51.827) em relação ao Fiat (46.019).

Mesmo sem rodas de liga e faróis de neblina, o Argo é bonito de se ver Pela segunda vez em 2018 o Fiat Argo vendeu mais que o Volkswagen Polo

Pela segunda vez em 2018 o Fiat Argo vendeu mais que o Volkswagen Polo (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Já a versão hatch do Toyota Yaris, que vinha em uma crescente desde que foi lançado no começo de junho, viu suas vendas caírem em setembro. Depois de registrar 2.872 carros em julho e 4.090 em agosto, o modelo fechou setembro com 2.943 unidades – 24º lugar no geral.

Na carroceria sedã, a queda foi menos acentuada: de 2.250 unidades em agosto para 2.122 este mês. Segundo a Toyota, essa retração se dá pelo lançamento do modelo no mercado argentino no mês passado e o consequente envio de unidades para o país vizinho, fazendo com que o volume destinado ao Brasil fosse menor do que o mês anterior.

A Toyota ainda afirma que a partir de novembro vai dar início ao 3º turno de produção na fábrica de Sorocaba, no interior de São Paulo, para atender a demanda crescente do Yaris no mercado interno e também para exportação.

Em contrapartida, a marca japonesa lidera dois segmentos. Apesar ter perdido para a rival S10 em duas oportunidades nesse ano, a Hilux continua abrindo vantagem entre as picapes médias. A recente reestilização refrescou os números de vendas.

Outro destaque nas picapes é a VW Amarok. Ela superou a S10 em setembro ao emplacar 2.505 unidades contra 2.450 da Chevrolet. Umas explicações para o número é a adição da potente versão com motor V6 3.0 TDI de 225 cv e 56,1 mkgf.

A reestilização no mês agosto faz Hilux abrir vantagem no segmento de picapes médias

A reestilização no mês agosto faz Hilux abrir vantagem no segmento de picapes médias (Divulgação/Toyota)

A vida está mais fácil para o Corolla, que em setembro vendeu 4.774 unidades – o que contribui para manter a média de 4.800 unidades/mês. O compatriota e concorrente Honda Civic emplacou apenas 1.914 carros e segue bem atrás com média de 2.160 sedãs/mês.

Compass e Renault

No badalado segmento dos SUVs, onde todos os modelos caíram nas vendas em relação a agosto, o Jeep Compass segue absoluto. Com as 5.006 unidades emplacadas em setembro, o modelo chega a 44.357 em 2018.

Com quase 9 mil modelos a menos, o Honda HR-V aparece em segundo – e líder entre os compactos. Porém, em setembro, o modelo vendeu menos que os principais rivais Creta e Kicks.

Enquanto o Honda registrou 3.972 exemplares, o Hyundai apareceu com 4.195 e o Nissan com 4 mil. O Jeep Renegade segue de perto os concorrentes na 4ª posição. Ford EcoSport e Chevrolet Tracker ficam mais para trás.

Entre os fabricantes, destaque para a Renault que superou a Ford pela terceira vez em 2018 – abril, junho e agora em setembro. Com participação de mercado de 9,22% e 18.878 carros emplacados, a marca ficou com a 4ª posição entre as que mais venderam – atrás de Chevrolet, Fiat e VW.

Quem puxa a fila da fabricante francesa é o Kwid, 7º carro mais vendido em setembro com 5.486 unidades. Sandero (4.577) e Logan (2.907) também contribuíram.

Renault Kwid As vendas do subcompacto ajudaram a Renault fechar o mês de setembro na 4ª posição entre as marcas

As vendas do subcompacto ajudaram a Renault fechar o mês de setembro na 4ª posição entre as marcas (Christian Castanho/Quatro Rodas)

A Ford fechou em 5º lugar com com 9,16% de share e 18.755 unidades comercializadas – uma diferença de apenas 123 exemplares. O período de mais êxito da Renault, no entanto, foi o mês de junho, quando atingiu uma fatia de mercado de 10,1%.

Confira os 40 modelos mais vendidos em setembro:

1. Chevrolet Onix – 17.981 unidades
2. Ford Ka – 8.680
3. Hyundai HB20 – 8.626
4. Volkswagen Gol – 6.765
5. Chevrolet Prisma – 6.532
6. Fiat Argo – 6.395
7. Renault Kwid – 5.486
8. Volkswagen Polo – 5.318
9. Jeep Compass – 5.006
10. Toyota Corolla – 4.774
11. Fiat Strada – 4.696
12. Renault Sandero – 4.577
13. Fiat Toro – 4.575
14. Volkswagen Saveiro – 4.334
15. Hyundai Creta – 4.195
16. Nissan Kicks – 4.000
17. Honda HR-V – 3.972
18. Fiat Mobi – 3.537
19. Volkswagen Virtus – 3.524
20. Jeep Renegade – 3.386
21. Ford Ka Sedan – 3.282
22. Toyota Hilux – 3.282
23. Fiat Cronos – 3.062
24. Toyota Yaris Hatch – 2.943
25. Volkswagen Fox/Crossfox – 2.919
26. Renault Logan – 2.907
27. Ford EcoSport – 2.888
28. Volkswagen Voyage – 2.828
29. Volkswagen Amarok – 2.505
30. Nissan Versa – 2.462
31. Hyundai HB20 S – 2.451
32. Chevrolet S10 – 2.450
33. Renault Captur – 2.329
34. Ford Ranger – 2.145
35. Toyota Yaris Sedan – 2.122
36. Chevrolet Cobalt – 1.994
37. Honda Civic – 1.914
38. Honda Fit – 1.869
39. Renault Duster – 1.803
40. Chevrolet Spin – 1.783

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s