Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Jeep Avenger 4xe é híbrido veloz que pode matar o Renegade nacional

Jeep Avenger 4xe usa dois pequenos motores para oferecer tração 4x4 eficiente, que pode ser trunfo interessante no mercado brasileiro

Por Lucas Parente
26 Maio 2024, 09h00

Desde quando foi apresentado, ainda como carro-conceito, em 2022, o Jeep Avenger é especulação constante no mercado brasileiro. No país onde os Jeep vendem sempre bem, uma opção ainda menor e mais barata que o Renegade teria boas chances de sucesso. Ainda mais com a nova versão eletrificada do SUV compacto.

Apesar do ‘sobrenome’, o novo Jeep Avenger 4xe não é um híbrido plug-in (PHEV), mas um híbrido pleno (HEV). É o meio termo da hibridização, no qual o motor elétrico tem força para tracionar o carro sozinho mas as baterias não são grandes o suficiente para necessitarem carregamento via tomada.

O Avenger 4xe usa motor 1.2 turbo de 136 cv, somado a dois pequenos motores de 28 cv que, estando um em cada eixo, permitem tração 4×4 de maneira menos custosa. A tecnologia e a mesma utilizada no Alfa Romeo Júnior recentemente apresentado. Essa configuração é complementada por uma transmissão automatizada de dupla embreagem de 6 marchas. Não há informações exatas sobre a bateria, mas é possível que o carro possa se locomover no modo totalmente elétrico por alguns quilômetros.

jeep-avenger-4xe-2024
(Divulgação/Jeep)

Os 26 cv de cada motorzinho parecem pouco, mas o sistema de gerenciamento do carro utiliza-os pontualmente para incrementar a dinâmica veicular. Dá resultado, pois o Avenger 4xe vai de 0 a 100 km/h em 9,5 s e supera a variante híbrida leve;

Continua após a publicidade

Além disso, a versão inédita traz visual mais puxado para o off-road: os para-choques dianteiro e traseiro são feitos de matéria mais resistente, há grade inferior mais robusta e faróis de neblina posicionados mais acima para melhorar a iluminação. O rack de teto também é novo, bem como a barra de reboque traseira, essencial para o off-road.

Os pneus de série são de uso misto, mas há também o opcional de rodas All Terrain 3PMSF mais especializados, que garantem ao carro melhor direção e aderência ao solo em terrenos difíceis.

jeep-avenger-4xe-2024
(Divulgação/Jeep)

A cabine não recebe mudanças, o modelo segue com painel de instrumentos digital e central multimídia de 10,25 polegadas. Apenas os assentos receberam novos matérias, que agora são laváveis e mais resistentes que o restante da linha.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

Sistema de tração do Avenger 4xe

Com alguns diferentes modos, o sistema de tração do Jeep Avenger tem diversas funções graças ao Select Terrain, sendo o Auto, Snow, Sand Mud e Sport. Essas divisões fazem o SUV aproveitar de uma forma melhor todo o seu potencial mecânico. A nova versão também traz uma atualização importante, sendo equipada de série com suspensão traseira Multilink.

jeep-avenger-4xe-2024 (1)
(Divulgação/Jeep)

Atualmente, o Jeep Avenger Latitude, topo de linha do modelo, é oferecido na Europa por 26.000 euros (R$ 145.038). Espera-se que a nova versão chegue mais cara, mas não passe dos 30.000 euros (167.352).

A Stellantis segue analisando a vinda do Jeep Avenger para o Brasil, que entraria no lugar do Renegade como opção de entrada da marca no Brasil. Feito sobre a plataforma CMP, ele aproveita grande parte do que é utilizado, atualmente, na fabricação da antiga PSA (o braço Peugeot-Citroën da Stellantis) no Rio de Janeiro. Não surpreende que, caso seja nacionalizado, há boas chances desse ser o primeiro Jeep carioca.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.