Clique e assine por apenas 5,90/mês

Homem recebe empréstimo para pagar salários e compra Lamborghini nos EUA

Empresário americano recebeu o equivalente a R$ 20 milhões em empréstimos para acertar salário de funcionários, mas resolveu usar o dinheiro de outra forma

Por Daniel Telles - Atualizado em 29 jul 2020, 13h07 - Publicado em 29 jul 2020, 12h26
Lamborghini Huracán tem 540 cv de potência e atinge os 100 km/h em 2,9 segundos Lamborghini/Divulgação

Em tempos de Covid-19, a vida para os empresários não tem sido fácil em todo o mundo.

Foi exatamente com este discurso que o norte-americano David Hines, de 29 anos, conseguiu um empréstimo de US$ 3,9 milhões – cerca de R$ 20,2 milhões – para quitar as folhas salariais de seus funcionários na Flórida.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Entretanto, de acordo com o Departamento de Justiça dos EUA, parte desta grana não foi usada para acertar as contas, mas sim para adquirir uma Lamborghini Huracán, avaliada em US$ 318.000 – aproximadamente R$ 1,6 milhão.

Carro é vendido no Brasil a R$ 2.690.000 Lamborghini/Divulgação

O superesportivo de 580 cv chegou a ser registrado em nome do próprio empresário e de uma de suas empresas, mas não pôde ser aproveitado por tanto tempo.

Continua após a publicidade

Isso porque, poucos dias depois, o empresário “espertão” foi preso em Miami (Flórida), acusado de fraude bancária, falso testemunho e por envolver-se em transações financeiras com receitas obtidas ilegalmente.

A Lamborghini também foi apreendida pela polícia local, assim como os U$ 3,4 milhões restantes do auxílio concedido.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Arte/Quatro Rodas

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade