Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Gol terá táxis voadores para voos sem uso de aeroportos a partir de 2025

Futurista mas próximo do lançamento, "carro voador" será usado em rotas curtas e leva apenas quatro passageiros

Por Pedro Henrique Oliveira Atualizado em 22 set 2021, 16h38 - Publicado em 22 set 2021, 13h32
VA-X4 eVTOL da GOL laranja
O modelo da GOL será capaz de atingir 320 km/h e terá 160 quilômetros de autonomia GOL/Divulgação

Nesta terça-feira (21), a GOL anunciou que, juntamente ao Grupo Comporte, assinou um contrato de intenção de compras 250 “carros voadores” elétricos, com cinco lugares e autonomia de 160 km. A intenção da companhia aérea é de que o transporte seja certificado a tempo de que rotas com esses eVTOLs já sejam oferecidas daqui a quatro anos.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Uma das grandes vantagens que a concretização dos VTOLs promete é a locomoção sem dependência de aeroportos, uma vez que não são necessárias extensas pistas. “Estudos preliminares demonstram que uma viagem de eVTOL pode custar 1/5 do valor da viagem de helicóptero, na distância média de 65km. Não há concorrência deste novo modal com a aviação comercial”, comentou a empresa aérea brasileira.

O modelo em questão, batizado de VA-X4, foi criado pela britânica Vertical Aerospace e, elétrico, não tem emissão de gases do efeito estufa e é capaz de viajar a 320 km/h. Além disso, ele é cem vezes mais silencioso e seguro quando comparado aos helicópteros atuais e tem potência combinada nos eixos das hélices de aproximadamente 1360 cv.

Cabine do VA-X4 tem duplas de assentos opostas
Cabine do VA-X4 tem duplas de assentos opostas Reprodução/Vertical Aerospace

A nave pode transportar até quatro passageiros e um piloto e utiliza tecnologias de outras empresas com experiência no ramo aeroespacial, como Rolls-Royce e Honeywell. Segundo a Vertical Aerospace, mais de 1.300 unidades foram encomendadas, com outras aéreas como American Airlines, Iberojet e Virgin Atlantic entre os clientes.

  • A primeira etapa dessa parceria inclui um estudo de viabilidade com certificado do modelo e análise da viabilidade da infraestrutura para esse modo de transporte com a Agência Nacional de Aviação Civil, a ANAC. A Avalon busca regulamentar o veículo no Brasil até 2024 para que a companhia aérea comece a utilizar o modelo em 2025. 

    GOL EVTOL

    O acordo entre a empresa de leasing Avolon, Grupo Comporte e GOL faz parte da estratégia da companhia de expansão no mercado de  transporte aéreo. Essa decisão vem logo depois da GOL concluir a compra da MAP Transportes, a quinta maior empresa do ramo aeroespacial no Brasil.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

    Capa 749
    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade