Ford registra nova geração do Fiesta no Brasil

Sucessor do modelo recém-reestilizado, no entanto, não deve ser vendido por aqui

Nova geração do Fiesta ficou mais espaçosa e estreou equipamentos inéditos (divulgação/Ford)

A Ford já afirmou que a nova geração do Fiesta não será vendida no Brasil. Apesar de ser mais moderno, o compacto europeu ficaria muito caro no mercado nacional. Esse, inclusive, foi um dos motivos pelo qual a filial brasileira optou por uma nova reestilização no hatch fabricado em São Bernardo do Campo (SP).

Isso não quer dizer, porém, que o Fiesta europeu nunca tenha chance de rodar por aqui.

Um desses indicativos foi revelado nesta terça, pelo INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). Um documento público divulgado pelo órgão mostra que a Ford registrou o novo Fiesta no Brasil, nas versões de três e cinco portas.

É importante ressaltar que o registro não é garantia que um determinado modelo vá ser oferecido no País, mas é uma das etapas essenciais antes de se lançar um automóvel por aqui.

Imagens das versões três e cinco portas do modelo foram registradas no INPI (INPI/Divulgação)

O novo Ford Fiesta reúne tecnologias ausentes até no Focus e no Fusion vendidos por aqui. Há assistente de estacionamento com frenagem automática, controlador de velocidade adaptativo, farol adaptativo, auxiliar de manutenção de faixa e aviso de fadiga.

Lanternas agora são divididas pela tampa do porta-malas

Nova geração tem lanternas divididas pela tampa do porta-malas (divulgação/Ford)

A gama de motores inclui o 1.0 turbo de três cilindros disponível no modelo brasileiro, mas calibrado para gerar até 140 cv. Na versão esportiva ST o propulsor é um 1.5 turbo de 200 cv, capaz de fazer o esportivo acelerar de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Paulo Sanches

    Não troque meu Fiesta Titanium 2015 por um Polo porque ainda há demora na entrega da Versão Top , mas este é o caminho natural a ser seguido , mas se a FORD trouxesse a NOVA GERAÇÃO e não essa “maquiagem” que foi feita no Fiesta Brasileiro , Eu continuaria na Marca…

  2. “Não deve ser vendido por aqui” x “Não significa que nunca deverá rodar por aqui”…como assim?