Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Ford mantém engenharia no Brasil para desenvolver até carros elétricos

Mesmo que não venda híbridos ou elétricos no Brasil, a engenharia da Ford no Brasil é estratégica para a eletrificação da marca

Por Henrique Rodriguez 1 jul 2022, 16h42

A recente aparição de carros como Ford Explorer, Mustang Mach-E, F-150 híbrida e Lincoln Navigator no Brasil tem explicação: além de alguns testes, a Ford aproveitou para apresentar aos colaboradores brasileiros os carros que eles ajudaram a desenvolver.

Mesmo com o encerramento da produção de automóveis no Brasil no início de 2021, a norte-americana manteve seu Centro de Desenvolvimento e Tecnologia no Brasil. Ele foi apenas realocado: da área da antiga fábrica, foi levado para seis galpões em uma área de 6 mil m² fornecida pelo Senai Cimatec de Camaçari (BA).

mach e
Mustang Mach-E GT Performance Edition ainda é um SUV elétrico, mas também é mais rápido que o Mustang Mach-1 Eduardo Carvalho/Quatro Rodas

Ali estão o estúdio de design, laboratórios de realidade virtual e de Teardown, escritórios e o DFord, área que atua como uma startup com foco em inovação e pesquisas. No total, há 1.500 profissionais ali (500 contratados recentemente), sendo que 85% do trabalho desenvolvido por eles é para o mercado global.

Grande parte do esforço da engenharia brasileira está voltado ao desenvolvimento de carros eletrificados, componentes e ecossistema para eletrificação e software para carros autônomos. Também atuam no design e no desenvolvimento de carros e sistemas que, muito provavelmente, nunca serão oferecidos no Brasil.

SUV e elétrico, o Mustang Mach-E também foi visto no Brasil
SUV e elétrico, o Mustang Mach-E também foi visto no Brasil – ele vem para cá Redes Sociais/Reprodução

É o caso de funções como o one pedal do Mustang Mach-E, da luz ambiente da F-150 Lightning e dos bancos massageadores dos Lincoln Navigator, Corsair e Aviator.

Continua após a publicidade

Ford Expedition, que não vem ao Brasil, foi flagrado em Camaçari
Ford Expedition, que não vem ao Brasil, foi flagrado em Camaçari Redes Sociais/Reprodução

Ainda que tecnologias como o arrefecimento de sistemas eletrônicos, otimizações de sistemas elétricos e até o design de carros elétricos e híbridos sejam desenvolvidos no Brasil, a Ford ainda não vende híbridos ou elétricos no Brasil. Até pretende vender o Mustang Mach-E, mas não em um futuro próximo. Os lançamentos confirmados neste momento são a nova Ranger e a F-150, ambas para 2023.

O trabalho voltado para a América do Sul está relacionado a validações e testes de veículos para o mercado local, pesquisa, desmontagem e análise de componentes, desenvolvimento de software e conectividade veicular. O foco no mercado externo é tamanho que nem sequer há pesquisas e desenvolvimentos relacionados ao uso do etanol.

Já confirmada ao Brasil, a picape F-150 participava de comboio na Bahia
Já confirmada ao Brasil, a picape F-150 participava de comboio na Bahia Redes Sociais/Reprodução

A Ford não vende mais carros flex no Brasil, sendo que foi uma das pioneiras nas pesquisas dessa tecnologia. A Ford diz que só voltará a apostar nessa tecnologia se houver demanda, mas que hoje seu foco está voltado para a completa eletrificação de seus modelos.

Compartilhe essa matéria via:

De acordo com Daniel Justo, presidente da Ford América do Sul, a exportação de serviços de engenharia para os principais mercados da Ford é baseado em três pontos: a equipe é versátil, criativa e tem experiência com redução de custos. Mas também há o fator de ser mais barato realizar certos desenvolvimentos no Brasil.

Mesmo assim é rentável: a Ford do Brasil deve gerar uma receita de R$ 500 milhões este ano com serviços de engenharia.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês