Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Ford Everest é o SUV da Ranger que poderá chegar ao Brasil em 2023

Assim como a nova geração da picape, o SUV será feito na Argentina e deverá chegar por aqui com motor V6 3.0 turbodiesel

Por Guilherme Fontana 2 mar 2022, 15h06

O Ford Everest é um velho conhecido de países asiáticos, africanos e do Oriente Médio, tendo sido produzido, principalmente, na Tailândia. Agora em sua terceira geração, o SUV da picape Ranger adotará uma estratégia para alcançar diversos outros mercados, entre eles, o Brasil.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Ainda não há qualquer confirmação oficial da Ford sobre a chegada do modelo ao mercado brasileiro, porém, já se sabe que ele será produzido na Argentina, ao lado da nova e recém-apresentada Ranger (que já roda em testes por aqui). Assim, rumores apontam que, tanto a nova Ranger, quanto o novo Everest, serão vendidos no Brasil a partir de 2023.

Ford Everest
Apesar da faixa que percorre toda a traseira, visual é conservador Divulgação/Ford

O Everest é um SUV de sete lugares montado sobre chassi de longarinas, baseado na Ranger. É a mesma tática da Chevrolet com S10 e Trailblazer, e da Toyota, com Hilux e SW4. Por isso, o SUV herda praticamente todas as novidades da nova geração da picape, como visual, tecnologia e mecânica.

Salvo pequenos detalhes e recortes no para-choque, a dianteira do Everest é idêntica à da Ranger, com grandes faróis que parecem invadidos por uma barra horizontal que se destaca da grade. A grade, inclusive, pode variar de acabamento de acordo com cada uma das quatro versões oferecidas na Austrália (Ambiente, Trend Sport e Platinum). Uma quinta versão, Titanium, também aparece nas imagens, mas não foi detalhada. Os faróis da Platinum são exclusivos.

Ford Everest
Grade dianteira tem uma variedade de acabamentos, como os cromados das versões Platinum e Titanium (da imagem) Divulgação/Ford

As semelhanças permanecem até o final das portas dianteiras. Depois delas, o Everest não mantém nada da picape. As linhas laterais, que dão forma ao SUV, tendem mais para as conservadoras do Trailblazer do que para as modernas do SW4. Os traços do teto e das janelas não buscam nenhuma grande invenção. As rodas podem chegar a 21 polegadas, como na versão mais cara.

Compartilhe essa matéria via:
Ford Everest
Lanternas têm iluminação que invade a tampa traseira Divulgação/Ford

Já a traseira rompe com a tradição dos atuais SUVs da Ford com uma barra interligando as lanternas. Vale dizer, porém, que a barra cinza é meramente decorativa, sem qualquer iluminação. É nela, aliás, que está a identificação do Everest. Outra observação vai para a versão de entrada, Ambiente (em branco nas imagens), que tem iluminação mais simples, que não invade a tampa do porta-malas. Ainda por fora, o Everest herda da picape o sistema de iluminação externa.

Ford Everest
Versão mais barata, Ambiente, tem lanternas mais simples Divulgação/Ford
Continua após a publicidade

O interior também é o mesmo da Ranger, com aparência à moda das Ram e Fiat Toro, com uma enorme tela vertical ao centro, que pode ter 10,1 (na versão mais barata) ou 12 polegadas. O quadro de instrumentos também é digital e pode ter 8 ou 12,4 polegadas, como na versão topo de linha. O sistema multimídia é o mais recente da Ford, com sistemas de comunicação e entretenimento aprimorados.

A lista de equipamentos segue com faróis de LED (com LEDs matriciais na versão Platinum), piloto automático adaptativo, sistema de estacionamento semiautônomo, nove airbags, alerta de saída de faixa, frenagem automática e outros.

Ford Everest
Interior do Everest é exatamente o mesmo da Ranger, com uma enorme tela central Divulgação/Ford

SUV de shopping? Que nada!

Segundo a Ford, o Everest foi “projetado para aventuras”, começando pelo aumento de 5 cm na suspensão do modelo em relação a geração anterior. Além disso, ele já vem de fábrica com protetor de cárter, modos de direção off-road, diferencial traseiro blocante e ganchos de reboque funcionais na dianteira.

Ford Everest
Versão de entrada, Ambiente, tem grade com acabamentos foscos Divulgação/Ford

Sobre os modos de condução, quando selecionados, imagens em 360° do veículo são apresentadas na central multimídia, com sugestões de condução para auxiliar o motorista em situações mais difíceis. Também são apresentados dados de transmissão, do bloqueio do diferencial, ângulos de direção e a inclinação do veículo.

Ainda nas aventuras, o SUV tem uma capacidade de imersão em até 80 cm de água, capacidade de reboque de até 3.500 kg e suporta até 350 kg nas barras instaladas no teto.

Ford Everest
Everest Platinum é o mais caro da linha e tem faróis matriciais exclusivos Divulgação/Ford

Tudo isso poderá ser movimentado por um 2.0 biturbo a diesel, além do V6 3.0 turbodiesel presente na Ranger. Dados de potência e torque não foram revelados, mas todos os motores serão acompanhados de um cambio automático de 10 marchas. Uma motorização 2.3 turbo a gasolina também está escalada para o Everest. Ainda não há informações sobre uma versão esportiva do SUV, como a Ranger Raptor, equipada com um V6 3.0 a gasolina de 400 cv.

Ford Everest
Ford Everest Trend, versão intermediária com tração 4×2 traseira Divulgação/Ford

As versões mais baratas, Ambiente e Trend, saem de fábrica com tração 4×2 traseira, mas podem optar pela 4×4, que é a única disponível para as mais caras, Sport e Platinum.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 754 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 754 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês