Clique e assine por apenas 8,90/mês

Flagra: picape coreana é carro de apoio do GP Brasil antes de lançamento

SsangYong Musso deve ser lançada até o começo de 2020 para brigar com Hilux e S10, mas já pode ser vista pelo público em Interlagos

Por Leonardo Felix - Atualizado em 16 nov 2019, 13h11 - Publicado em 16 nov 2019, 11h07
Protótipo da SsangYong Musso é carro de apoio do GP do Brasil Leonardo Felix/Quatro Rodas

A reportagem de QUATRO RODAS participa da cobertura do GP do Brasil de F1 em 2019.

De sexta-feira a domingo, nosso editor fotográfico e de arte, Fernando Pires, alimenta nosso perfil do Instagram com imagens exclusivas dos pilotos em ação na pista.

Mas não é porque viramos a chave para as corridas que deixamos de ficar atentos aos carros de produção. E Interlagos está cheio de veículos de apoio muito interessantes neste fim de semana.

O que mais nos chamou atenção foi uma SsangYong Musso, picape média da marca sul-coreana que ainda está em fase de homologação no país.

Continua após a publicidade

Tanto que a unidade avistada é um protótipo com placa verde da cidade de Salto (SP), onde está instalada a Venko, representante oficial da marca no país.

Musso passou do nosso lado exibindo a frente nova e emitindo ronco típico de motor a diesel Leonardo Felix/Quatro Rodas

Nossa reportagem já havia apurado, no início de outubro, que a marca sul-coreana preparava o lançamento da Musso e também do SUV Rexton para o fim deste ano.

Consultamos novamente a Venko, que desta vez apontou que a chegada ao mercado deve ocorrer “entre o final deste ano e começo de 2020”.

Ainda de acordo com a representante oficial da SsangYong, a Musso foi colocada à disposição da equipe de apoio do GP como “parte da estratégia de reposicionamento da marca, voltada a um público mais sofisticado”.

Continua após a publicidade

Vale lembrar que a importadora oficial não traz carros desde meados deste ano, mas pretende usar a picape e o SUV médios como modelos de apelo e rentabilidade para reiniciar as atividades no país.

Assim é o painel da nova SsangYong Musso SsangYong

Pelo ronco do motor, observamos que a Musso de apoio do GP do Brasil está equipada com motor a diesel.

Trata-se do mesmo quatro-cilindros de 2,2 litros, sobrealimetado por turbo, presente em outra picape da fabricante, a Actyon Sports.

Ele gera 181 cv de potência e 42,8 mkgf de torque, e está combinado a um câmbio automático de sete marchas fornecido pela Mercedes-Benz (parceira da companhia sul-coreana há décadas).

Continua após a publicidade

Com capacidade de carga de uma tonelada, além de tração 4×4 com reduzida, a picape entrará na briga direta com rivais como Chevrolet S10, Toyota Hilux, VW Amarok, Ford Ranger e afins.

Sua vantagem em relação à Actyon Sports é o porte e o visual mais convencionais (ou menos extravagantes, se assim preferir), enriquecidos por guias de leds nos faróis.

Por dentro, chama atenção a central multimídia com tela de 8 polegadas.

Fotografou um segredo? Mande seu flagra para nós: 55 11 99975-9245.

Publicidade