Clique e assine por apenas 8,90/mês

Ficar atrás de um Lamborghini Aventador pode ser muito perigoso

Ferrari quase vira churrasco ao ser atingida pelas chamas do escapamento do V12

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 28 mar 2017, 11h11 - Publicado em 27 mar 2017, 21h12

aventador pegando fogo

Caso você encontre um Lamborghini Aventador no trânsito, evite ao máximo ficar colado em sua traseira, pois “touros” com motor V12 têm certa propensão a expelir fogo pelo escapamento.

Foi o que descobriu o proprietário desta Ferrari 458, que quase viu a dianteira de seu carro ser chamuscada. Logo a Ferrari 458, que teve problemas com fogo no passado e enfrentou recall por isso – sua sucessora, a 488 GTB, também.

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=tCwNJZJfdyQ&w=680&h=383]

Continua após a publicidade

Este fogo se dá quando o motorista tira o pé do acelerador repentinamente, o que pode ser de propósito, como no vídeo, ou nas trocas de marcha. O corpo de borboleta se fecha quando ainda há combustível na admissão, o que faz com que entre mais combustível do que é ideal no cilindro (ou seja, enriquece a mistura).

O combustível não queimado vai direto para o coletor de escape, que está tão quente que faz com que o combustível queime ali mesmo. É assim que surge o fogo. Fica o aviso.

Publicidade