Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

FCA apela à Tesla para escapar de multas por emissões na Europa

Modelos das duas empresas serão contabilizados juntos para evitar multa que pode chegar a bilhões de euros

Por Henrique Rodriguez 9 abr 2019, 12h38
Modelos da Tesla compensarão emissões de Fiat, Jeep, Alfa Romeo e Maserati Tesla/Divulgação

Passar os pontos de uma multa para outra pessoa a fim de evitar a perda da CNH é ilegal. Mas contabilizar as vendas de outra marca para evitar multas ambientais é permitido na Europa.

É isso que a FCA fará. A fabricante ítalo-americana concordou em pagar milhões de euros à Tesla para que seus carros elétricos sejam contabilizados por ela nas metas de emissões do continente.

Pelas regras europeias, marcas de um mesmo grupo podem compensar as emissões das outras, mas também é possível que empresas rivais se unam para alcançar o equilíbrio de emissões.

O valor exato do negócio não foi divulgado, mas certamente deve ser menor do que as multas ambientais que a fabricante teria de pagar caso não cumprisse as metas rigorosas impostas pela Comunidade Europeia, que podem chegar a 2 bilhões de euros.

Versões híbridas dos Jeep Compass e Renegade poderá ajudar a FCA a reduzir sua média de emissões por conta própria Divulgação/Jeep
Continua após a publicidade

Assim, os Tesla Model S, Model 3 e Model X vendidos na Europa ajudarão a compensar as emissões de CO2 dos carros de Fiat, Alfa Romeo, Jeep e Maserati.

As baixas vendas de carros elétricos dentro das marcas da FCA fazem com que o cumprimento das metas da Europa seja quase impossível sem o acordo com a Tesla.

Em 2018, as emissões médias na Europa foram de 120,5g/km, segundo dados da consultoria Jato.

A meta para 2020 é de 95g/km e a FCA ficaria com sua média de 6,7 g/km acima do limite – a maior diferença entre as 13 fabricantes analisadas pela PA Consulting.

A Tesla é conhecida por fazer dinheiro para compensar as emissões de outras fabricantes.

Em 2018 arrecadou 103,4 milhões de dólares fazendo isso nos Estados Unidos. Em algumas ocasiões os balanços da Tesla só fecharam no azul por causa desse tipo de acordo.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês