Clique e assine por apenas 8,90/mês

Claudio Domenicali se torna CEO da Ducati

Após ficar seis anos no cargo, Gabriele Del Torchio será sucedido por Claudio Domenicali na Ducati

Por Alexandre Ciszewski - Atualizado em 9 nov 2016, 12h22 - Publicado em 18 abr 2013, 17h45
Claudio Domenicali se torna CEO da Ducati

A Ducati confirmou nesta quinta-feira, dia 18 de abril, que Gabriele Del Torchio não ocupará mais o cargo de CEO da Ducati Motor Holding. Após ficar seis anos no cargo, Del Torchio será sucedido por Claudio Domenicali (foto), atual Gerente Geral e Membro da Direção, que inclusive é engenheiro mecânico. Gabriele Del Torchio assumirá o cargo de CEO da companhia aérea italiana Alitalia.

Com 21 anos de experiência na Ducati Motor Holding, incluindo o tempo em que trabalhou tanto com os produtos da marca italiana como nos departamentos de competição. Domenicali talvez seja o sucessor mais lógico após a partida de Del Torchio, já que ele entende bem a linha de produtos da empresa, bem como o seu patrimônio de corrida.

“Del Torchio guiou a Ducati para fora de uma fase economicamente difícil, de volta a um caminho de crescimento de sucesso e para o topo do segmento mundial de motocicletas premium. Para essa conquista, expressamos nossa gratidão em nome de todos os funcionários da Audi e Ducati e lhe desejamos tudo de melhor em suas futuras tarefas”, afirmou Rupert Stadler, presidente da Audi AG, proprietária da Ducati, em comunicado oficial para a imprensa.

“Eu olho para trás e vejo seis anos intensos, emocionantes e bem sucedidos”, comentou Gabriele Del Torchio, em resposta a Rupert Stadler, em seu discurso de despedida da empresa. “Foi uma experiência intensa, que continuará a ser uma lembrança inesquecível. Deixo a Ducati no conhecimento de que eu ajudei a colocar a empresa em um caminho de crescimento e força”

Continua após a publicidade

Suceder Gabriele Del Torchio, porém, não será uma tarefa fácil, já que o ex-CEO ajudou a construir a Ducati em algo que é mais do que apenas uma marca de superbike. As ordens mandatárias de Domenicali são, certamente, continuar o crescimento em novos setores das duas rodas, bem como para transformar a Ducati em um verdadeiro player global no mercado de motocicletas premium.

Publicidade