Citroën faz recall para fixar capô do C4 Picasso

Convocação envolve versão curta e Grand da segunda geração do monovolume

Citroën C4 Picasso
O recall envolve somente a atual geração do C4 Picasso e Grand C4 Picasso, lançada em 2016


O recall envolve somente a atual geração do C4 Picasso e Grand C4 Picasso, lançada em 2016 (Quatro Rodas/Quatro Rodas)

A Citroën do Brasil iniciou uma campanha de recall para a nova geração do C4 Picasso e Grand C4 Picasso. Algumas unidades do monovolume tiveram a folha do capô fixada incorretamente à estrutura de apoio e podem causar vibrações ou até mesmo se soltar com o veículo em movimento.

Os modelos afetados foram fabricados entre os dias 01/09/2016 e 06/04/2017. O intervalo (não sequencial) dos chassis envolvidos vai de HJ514804 a JJ506557 e HJ514806 a JJ506566.

130626grandc4-04.jpg Por compartilhar boa parte dos componentes, a Grand C4 Picasso também foi afetada pelo recall

Por compartilhar boa parte dos componentes, a Grand C4 Picasso também foi afetada pelo recall (divulgação/)

Os reparos já podem ser efetuados gratuitamente em qualquer concessionário da marca e, como exige a lei, a campanha não tem data para acabar. A marca disponibilizou um SAC em seu site e o telefone 0800 011 8088 para que clientes possam tirar dúvidas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s