Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

CEO da Ferrari defende motores turbo

Novo bloco V8 deve estrear na substituta da California

Por Redação Atualizado em 9 nov 2016, 12h52 - Publicado em 22 nov 2013, 19h22
fabricantes

A Ferrari está inclinada a utilizar com maior frequência os motores turbo em seus carros. De acordo com Amedeo Felisa, CEO da marca italiana, “adotar turbocompressão e injeção direta é o jeito certo de se obter desempenho sem prejudicar os níveis de consumo”.

Falando ao site Top Gear, o executivo ainda negou a hipótese de lançar um sistema turbo-híbrido, mencionando o custo elevado de desenvolvimento da tecnologia como principal obstáculo.

Vale lembrar que a Ferrari deverá introduzir um novo motor (bi)turbo V8 num de seus próximos lançamentos: a substituta da California (foto), com lançamento previsto para 2014.

Continua após a publicidade

Publicidade