CEO da Ferrari defende motores turbo

Novo bloco V8 deve estrear na substituta da California

fabricantes fabricantes

fabricantes (/)

A Ferrari está inclinada a utilizar com maior frequência os motores turbo em seus carros. De acordo com Amedeo Felisa, CEO da marca italiana, “adotar turbocompressão e injeção direta é o jeito certo de se obter desempenho sem prejudicar os níveis de consumo”.

Falando ao site Top Gear, o executivo ainda negou a hipótese de lançar um sistema turbo-híbrido, mencionando o custo elevado de desenvolvimento da tecnologia como principal obstáculo.

Vale lembrar que a Ferrari deverá introduzir um novo motor (bi)turbo V8 num de seus próximos lançamentos: a substituta da California (foto), com lançamento previsto para 2014.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s