Clique e assine por apenas 8,90/mês

Autodefesa: direção de Chevrolet Onix e Tracker endurece em curvas

Proprietários relatam sustos e mudança de trajetória no trânsito por conta de falha eletrônica; mecânico aponta falha de comunicação entre direção e módulo

Por Henriue Rodriguez e Waldez Amorim - Atualizado em 9 ago 2020, 12h09 - Publicado em 6 ago 2020, 18h08
Christian Castanho/Quatro Rodas

Atualização: após a publicação, proprietários de versões do Onix com câmbio automático nos contataram relatando o mesmo problema. 

O repentino aumento do peso da direção em manobras no trânsito vem assustando proprietários dos novos Chevrolet Onix e Tracker.

“Eu estava saindo de uma rua, virando à direita, entrando em uma via de maior velocidade. Já com as rodas alinhadas e a 40 km/h eu senti o volante ficar duro e dar uma puxada para a esquerda. Segurei firme no volante e ele voltou imediatamente”, conta o instrutor de trânsito Alexandre Françoso, dono de um Onix Turbo LTZ manual.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

É um carro semelhante ao de Márcia Franciele de Oliveira, de Porto Alegre (RS). “Em uma conversão a direita para entrar em uma via de três pistas, minha intenção era acessar a pista da direita, mas o volante travou no meio da conversão e acabei atravessando a pista central.

Seu carro apresenta alguma falha ou tem problema crônico? Nos conte-nos o que acontece: 55 11 99975-9245

O travamento da direção durou um segundo e veio o pavor, e de relance vi que apareceu uma mensagem no painel que não consegui identificar. Conduzi meu carro ate o destino com muita insegurança, pois não podia parar naquele momento devido a uns compromissos”.

Christian Castanho/Quatro Rodas

QUATRO RODAS ouviu outros cinco proprietários que relatam susto semelhante em Onix com motores turbo e aspirado, com câmbio manual e automático de seis marchas, e no Tracker Premier, sempre equipado com motor 1.2 turbo e câmbio automático de seis marchas.

É o caso do gerente de TI Naikow Krueger, de Itajaí (SC). Há três meses com um Tracker Premier, já contou mais de 10 ocorrências de endurecimento da direção. “Acontece do nada, como se fosse uma pane. A direção fica dura por uns três segundos e depois volta ao normal”.

Christian Castanho/Quatro Rodas

Outros proprietários do SUV já perceberam alguma relação entre o endurecimento da direção e o sistema de alerta de colisão, item que não existe no Onix.

“Meu Tracker sempre fez isso. Certa vez estava na Fernão dias, na terceira faixa, e em uma curva para a direita ele detectou o carro da faixa do meio e travou a direção bem na curva. Mas é só segurar bem o volante que ele solta rapidamente. Aí eu passei a deixar a configuração do alerta de colisão para mais perto, e evita os alertas”, conta o coordenador de sistemas Fernando de Castro, que ainda não levou o carro à concessionária para verificar isso.

Continua após a publicidade

“Em algumas curvas ele dá tipo um calo na direção quando você está virando. Aí você termina de fazer a curva e some. Outra coisa que está acontecendo em algumas curvas é que trava a direção por poucos segundos e aparece no computador de bordo “sensor de colisão frontal desligado”.

Já levamos o carro na concessionária onde compramos o carro por duas vezes, verificaram que havia histórico de erros e disseram ter solucionado. Depois levamos em outra, que também apontou a presença de histórico de erros, disse que havia solucionado a falha, mas no mesmo dia o problema se manifestou novamente.”, conta a comerciante Elielza Gomes Magalhães.

Proprietário de um Onix LT com motor aspirado, o representante comercial Alex Sandro de Lima percebeu o endurecimento da direção por dois segundos logo após sair da garagem. “Liguei para o Road Service Chevrolet, deixei o relato e marquei a ida na concessionária. O mecânico averiguou e disse que não identificou defeito após desapertar a caixa e a barra de de direção e testar os componentes na oficina”.

Márcia Franciele deixou o carro na oficina em 17 de julho e desde então aguarda a troca de todo o sistema da direção do seu Onix LT Turbo manual.

“Levei na concessionária e apos a analise pelo computador, foi constatada falha de comunicação entre o angulo de direção e o modulo do volante. Após o contato do tecnico com a GM foi solicitado toda a troca da parte de direção: coluna, barra e motor elétrico. A previsão de chegada das peças é de aproximadamente 20 dias e desde o dia 21 de julho estou com carro reserva”.

Convidada por QUATRO RODAS a dar mais esclarecimentos, a General Motors respondeu que o carro de Elielza Gomes Magalhães “está em diagnóstico em concessionária Chevrolet” e que “os demais clientes citados não reclamaram do tema em questão”.

O leitor fala:

“Retirei meu Onix Plus Premier 2 no dia 1 de julho de 2020 na concessionária Colúmbia, em Salvador. No segundo dia, senti o volante travar várias vezes durante curvas e uma vez vi a mensagem de falha do sistema Stabilitrak, no painel. Comprei o veículo grávida de 9 meses, dei a luz no dia 4 de agosto e me vejo ainda impossibilita de ir à concessionária seja pelo pós parto ou pela pandemia.” Emili da Cunha Santos – Salvador (BA)

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade
Publicidade