Clique e assine por apenas 8,90/mês

Após SUV elétrico, Ford Mustang pode virar V8 híbrido com tração integral

Modelo deve ganhar motores elétricos para auxiliar seu V8. A especulação é que a nova configuração chegue em 2022

Por Renan Bandeira - 22 abr 2020, 07h00
Projeção foi feito pelo site automotivo inglês Autocar Auto Car/Reprodução

Após compartilhar seu lendário nome com o primeiro SUV elétrico da Ford, o Mach-E, o Mustang pode ganhar uma variante com motores elétricos auxiliares em sua próxima geração – que deve ser lançada em 2022.

De acordo com o site Autocar, a Ford deverá utilizar uma patente de projeto já registrada nos Estados Unidos em 2017 – quando rumores indicavam que o esportivo ganharia a configuração híbrida.

Os desenhos do registro mostram uma combinação de motores elétricos e um V8.

Neste caso, os propulsores eletrificados tracionam as rodas dianteiras, enquanto o motor a combustão gira as traseiras, configurando um sistema de tração integral.

Continua após a publicidade

Ainda não há muitas informações técnicas, mas o projeto indica que o motor a combustão poderia ser desligado em situações de baixa rotação e bateria com carga de bateria em nível alto, o que aprimoraria o consumo do veículo.

March-E chega às lojas dos Estados Unidos no final de 2020 Divulgação/Ford

A reportagem feita pelo site inglês coloca em xeque a existência das configurações com V8 não híbridas e EcoBoost de quatro-cilindros na Europa, já que as normas para emissão de poluentes estão mais rígidas por lá.

No entanto, com regras mais brandas na América do Norte e América Latina, a marca poderá manter essas variantes em solo americano.

Ainda não há novidades sobre uma mudança no visual, mas a especulação é que seja mantido o desenho da carroceria e ganhe um facelift para ficar mais próximo do Mach-E.

Continua após a publicidade

O modelo deve seguir com quatro lugares e pode ganhar mais itens tecnológicos para entretenimento e assistências de segurança ativa ao motorista.

A Ford tem um plano de lançar 18 veículos híbridos (leves ou completos) até 2022. O Mach-E já foi lançado e a especulação é de que o Mustang seja o próximo a se alinhar a nova ideologia da empresa.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de abril da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Fernando Pires/Quatro Rodas
Publicidade