Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Após Stonic, Kia quer vender irmão do Creta e Sportage híbrido no Brasil

Kia planeja lançamento de SUV irmão do Creta, além de SUVs híbridos e até grande hatch elétrico no Brasil para 2022

Por Henrique Rodriguez 24 nov 2021, 01h21
Stonic
Divulgação/Kia

A Kia sempre foi forte nos SUVs, mas só agora passa a explorar o segmento de SUVs compactos. O lançamento é do Kia Stonic, o primeiro SUV compacto híbrido do Brasil e que estreia no país por R$ 149.990.

Black Friday! Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 6,90

O modelo combina motor 1.0 TGDI de 118 cv e 17,1 kgfm (4.000 rpm), semelhante ao do novo Hyundai Creta, com um motor elétrico que compõe um sistema híbrido leve de 48V. A potência combinada é de 120 cv e 20,4 kgm (2.000-3.500 rpm). O câmbio é exclusivo: um dupla embreagem DCT com 7 marchas. O consumo homologado no Inmetro é de 13,3 km/l na cidade e de 13,2 km/l na estrada, com gasolina.

Stonic
Divulgação/Kia

O porte é equivalente ao de um Kia Rio, com 4,14 m de comprimento, 1,76 m de largura, 1,52 m de altura e 2,58 m de entre-eixos. E isso ajuda a entender como a Kia estabelecerá sua gama de produtos com pelo menos quatro lançamento previstos para o Brasil em 2022. 

stonic
Divulgação/Kia

O Kia Seltos continua nos planos da empresa. O carro, que foi lançado em 2019, está no Brasil em processo de homologação há um bom tempo e está confirmado para 2022. Trata-se de um SUV compacto irmão do Hyundai Creta, com direito a dimensões semelhantes: 4,31 metros de comprimento, 1,80 m de largura, 1,60 m de altura e 2,63 m de distância entre-eixos.

seltos
Kia Seltos: mais um SUV compacto no mercado Divulgação/Kia

Ele também compartilha com o Creta o motor 2.0 aspirado com cerca de 160 cv, mas também é vendido com o 1.6 turbo de 177 cv do Hyundai Tucson nacional.

Continua após a publicidade

Acima do Stonic e, consequentemente, do Seltos, a Kia ainda terá a nova geração do Niro. Após enrolar o lançamento da primeira geração, a Kia do Brasil aguarda a chegada de uma unidade da nova geração, que será apresentada nesta quinta-feira, para iniciar o processo de homologação.

niro
Kia Niro Divulgação/Kia

Ainda não há maiores informações sobre a mecânica da nova geração, mas se seguir a geração anterior (que Quatro Rodas chegou a testar), será um híbrido pleno, com motor elétrico mais forte e que consegue mover o carro sozinho (o que não acontece no Stonic). Também é esperada uma versão híbrida plug-in, com bateria maior para garantir algumas dezenas de quilômetros em modo 100% elétrico.

2023-kia-sportage-hybrid-101-1637170709
divulgação/Kia

Acima do Kia Niro estará a nova geração do Kia Sportage, que também estreia em 2022 com duas versões: uma híbrida leve, com motor elétrico associado ao motor 1.6 turbo de 177 cv, e híbrida plena, com motor elétrico de 60 cv que eleva sua potência total aos 226 cv. O câmbio é automático de seis marchas. Não custa lembrar que hoje, com motor 2.0 aspirado, o Sportage é vendido em versão única a R$ 209.990.

2023-kia-sportage-hybrid-101-1637170709
Divulgação/Kia

Outro carro que também já chegou ao Brasil para homologação e com lançamento confirmado é o Kia EV6, primeiro elétrico da Kia e que é baseado na plataforma E-GMP, compartilhada com o Hyundai Ioniq 5. Em sua versão básica, tem motor de 228 cv e bateria de 77,4 kWh, com promessa para autonomia de bons 540 km. O preço pode romper a barreira dos R$ 330.000.

kia_ev6
Divulgação/Kia

Com esse reforço na gama de SUVs e em carros que brigarão em patamares de preço bem diferentes, a Kia está se transformando em uma marca premium no Brasil.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

CAPA 751 quatro rodas

Continua após a publicidade

Publicidade