Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Americanos e chineses acreditam que o futuro está nos carros elétricos

Maioria dos pesquisados acredita no processo de substituição; México e Turquia se destacaram no estudo

Por Julio Cabral
Atualizado em 6 Maio 2024, 17h03 - Publicado em 14 nov 2023, 19h46

Uma pesquisa sobre mobilidade feita pelo Observatório Cetelem, entidade de estudo e análise da empresa financeira francesa BNP Paribas, ajudou a detectar preferências sobre o futuro da mobilidade. Feita com pessoas entre 18 e 65 anos, a pesquisa foi realizada nos últimos meses de junho e julho, envolvendo milhares de indivíduos de vários países. Entre as várias perguntas aplicadas, uma diz respeito ao futuro da mobilidade: você acredita que os carros elétricos vão substituir os a combustão? 

Alguns países se destacaram pela fé na eletrificação, com 78% de turcos e 71% de mexicanos respondendo que acreditam na substituição dos automóveis a combustão pelos elétricos. Mercados bem mais maciços também fizeram o mesmo, com 65% na China e 62% nos Estados Unidos, justamente a terra do V8, picapes e muscle cars.

Portugal e Itália têm 54% de apoio aos elétricos, número quase igual aos 55% da Noruega, país que mais do que apoia a eletrificação. 

Continua após a publicidade

Os alemães quase ficaram em cima do muro: 49% dos entrevistados acreditam que os elétricos não vão substituir os veículos a combustão por completo. Não deixa de ser equilibrado para uma nação que se destaca por ser o terceiro maior mercado de carros eletrificados do mundo.

Alguns resultados não deixam de ser surpreendentes. Apenas 46% dos japoneses acham o mesmo, número que baixa para somente 38% na França. Só não fica atrás dos 35% da Áustria. 

Pesquisa sobre a substituição dos carros a combustão por elétricos
Pesquisa mostra que a fé na eletrificação nos dois maiores mercados do mundo é relevante (Divulgação/Divulgação)

A pesquisa também fez um desdobramento e perguntou em quanto tempo as pessoas acham que ocorrerá a substituição completa de veículos a combustão por elétricos.

Vamos pegar os exemplos dos dois maiores mercados de carros elétricos. Neste ponto, os Estados Unidos se destacaram. De acordo com os resultados, 37% dos entrevistados acham que isso ocorrerá em cinco anos, mesmo percentual que apostam que será entre 6 e 15 anos, sendo que os demais 26% acreditam que levará mais tempo do que isso.

A despeito dos mega investimentos em eletrificação, a China marcou 17% a até cinco anos, 67% entre seis e 15 anos e somente 16% acima disso. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.